Foto: Polícia Militar Ambiental

A competição estava sendo realizada em um sítio na cidade de Araraquara e contava com cerca de 200 pessoas

A Polícia Militar Ambiental encerrou um evento irregular de laço, no sábado, 15 de maio, no município de Araraquara, na região de Ribeirão Preto. Na oportunidade, foi constatada a presença de cavalos, bois e vacas.

Segundo a Polícia Militar, os agentes tomaram conhecimento da realização do evento após uma denúncia anônima. Em uma ação conjunta com a Coordenadoria de Defesa Agropecuária, estes foram deslocados até a propriedade.

No local, os agentes se depararam com cerca de 200 pessoas e vários animais equinos e bovinos em atividade na competição. Ainda segundo a Polícia Militar, após vistoria, constatou-se que 71 cavalos oriundos de outras propriedades estavam sem a Guia de Transporte Animal (GTA).

Além disso, o proprietário do sítio em que o evento estava sendo realizado não possuía nenhuma documentação estadual e municipal necessária para a realização do mesmo.

Diante dessa situação, os proprietários dos 71 cavalos foram autuados pela Coordenadoria de Defesa Agropecuária no valor de R$ 140,00 por animal, totalizando R$ 9.940,00. Assim como o proprietário do imóvel responsabilizado com multa correspondente a R$ 72.725,00.