Gabriel Saroli, de 26 anos, deve seguir a mesma carreira de seu pai, Caio Júnior, trei­nador de futebol que morreu no acidente de avião com a delegação da Chapecoense, em 2016, quando era o téc­nico do time. Gabriel, que sempre esteve envolvido no mundo do futebol, vai treinar a equipe sub-23 do Atletico Atlanta, nos Estados Unidos, do também brasileiro Ro­drigo Cruz, que como joga­dor de futebol, participou da campanha de acesso do Co­mercial à Série A2 em 2010.

“O Gabriel é uma pes­soa incrível, tem um coração enorme e sabe onde quer che­gar, temos sorte de tê-lo como parte da comissão”, disse Ro­drigo Cruz, que é presidente e um dos donos do time, em um projeto que começou em 2019. “O Gabriel veio pra so­mar, ele é bom no que faz e traz isso no sangue”, acrescen­ta João Garcia, outro dono e treinador da equipe principal.

O Atletico Atlanta é o atual Campeão Nacional da UPSL, uma das principais ligas de fu­tebol nos EUA, com um recor­de de 21 vitórias em 21 jogos. O time está jogando a NISA Cup.