Nasceu nesta segunda-feira, 6, o bebê do príncipe Harry e sua mulher, Meghan Markle. A duquesa de Sussex, de 37 anos, e o príncipe, de 34 anos, ainda estão escolhendo o nome da criança, o primeiro bebê inter-racial da história recente da monarquia britânica. Meghan é de origem negra.

Este é o primeiro filho do casal, que não quis saber o sexo da criança com antecedência. O menino é o sétimo na linha de sucessão ao trono britânico e o oitavo bisneto da rainha Elizabeth. 

O príncipe Harry assistiu ao nascimento de seu primogênito, como fez seu irmão William com os três filhos. Visivelmente encantado, deu a notícia aos jornalistas. “Estou muito feliz e orgulhoso em anunciar que Meghan e eu tivemos um bebê esta manhã, um bebê muito saudável e irresistível”, afirmou Harry, em frente à residência do casal, em Windsor. A conta do Instagram do casal anunciando “É um menino!” recebeu mais de 750 mil “curtidas” em uma hora.

Especula-se que Meghan tenha optado por dar à luz em casa. Dessa forma, ela estaria seguindo os passos da rainha Elizabeth – que teve seus quatro filhos no Palácio de Buckingham ou na residência em Clarence. Segundo o Escritório de Estatísticas Nacionais da Inglaterra, em 2017 apenas 2,1% das mulheres grávidas optaram por fazer o parto em casa na Inglaterra e Gales

Diferente dos primos, o filho de Harry e Meghan não será príncipe, a menos que a rainha queira. Seu título ainda não foi anunciado, mas poderia ser conde de Dumbarton (Escócia), o segundo dos títulos de nobreza que a rainha atribuiu a Harry na ocasião de seu casamento.

O bebê será batizado na Igreja Anglicana, possivelmente pelo arcebispo de Canterbury na capela real do Palácio de Saint James, com água do Rio Jordão – onde Jesus foi batizado por João Batista, segundo o Evangelho.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, felicitou a família em sua conta no Twitter.

Meghan e Harry se casaram no Castelo de Windsor no ano passado e se mudaram para perto da residência real de Frogmore Cottage. Segundo a tradição, a rainha Elizabeth e os principais membros da família real foram os primeiros a ser informados do nascimento.

Logo depois foi colocada uma proclamação assinada pelos médicos reais em um cavalete no pátio do Palácio de Buckingham, para informar a população. Para celebrar a chegada, foram disparados tiros de canhão em Londres (62 disparos da Torre de Londres e 41 do Green Park, junto ao Palácio de Buckingham).

O nome do bebê pode não ser anunciado por vários dias depois do nascimento: os britânicos tiveram de esperar uma semana antes de conhecer o nome de William e um mês para o de Charles. O príncipe Harry disse ontem que pretende apresentar o filho e anunciar seu nome “provavelmente dentro de dois dias”. (Com agências internacionais).

Comentários