Partidos lançam Frente de Oposição ao prefeito Nogueira - Foto: JF Pimenta

Composta por filiados de quatro partidos, a frente “Todos por Ribeirão” foi lançada nesta terça-feira (8): eventual slogan de campanha foi apresentado em vídeo

Um grupo de lideranças políticas de Ribeirão Preto lançou nesta terça-feira, 8 de outubro, no Stream Palace Hotel, a frente de oposição “Todos por Ribeirão”, contra a administração Duarte Nogueira Júnior (PSDB). Um dos líderes do movimento é o vice-prefeito Carlos Cezar Barbosa (CDD), que tem um gabinete no Palácio Rio Branco, no andar debaixo ao do tucano.

A frente tem integrantes de quatro partidos: o Cidadania de Barbosa; o Podemos da jornalista e empresária Dulce Neves e do ex-vereador André Luiz da Silva; o PTB do ex-coordenador do Procon de Ribeirão Preto, Paulo Garde; e o PSD do juiz aposentado João Aguinaldo Donizeti Gandini. O grupo afirma que seu principal objetivo é discutir ideias e somar esforços em prol do desenvolvimento econômico administrativo e social da cidade.

O movimento também não descarta a adesão de novas siglas partidárias, diz em parte de um comunicado distribuído à imprensa. Questionado sobre como isso poderia ser feito, os integrantes afirmam que a frente está aberta ao diálogo, mas não fará uma busca pró-ativa de novos partidos. Também integram estão o grupo o advogado e membro do Observatório das Eleições de Ribeirão Preto, Edson Oliveira, o publicitário Fábio Soares, a empresária Fabíola Medeiros e o servidor público Wulf Galkowicz.

Durante o lançamento, foi apresentado um vídeo com características de campanha eleitoral e com várias promessas feitas pelo atual prefeito Duarte Nogueira que não teriam sido cumpridas, como a implantação dos Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) da Mulher, do Idoso e o AME Mais. Também mostra o tucano afirmando que não aumentaria impostos, mas destaca ele pretende elevar a alíquota do Imposto de Transmissão “Intervivos” de Bens Imóveis (ITBI).

Por fim, relembra empréstimos feitos pelo atual governo. No final de cada apresentação o vídeo mostra o seguinte slogan: “Prometeu e não fez”. A frente “Todos por Ribeirão” garante que fará reuniões internas para definir um de seus membros como candidato a prefeito na próxima eleição municipal, em outubro de 2020. O Tribuna apurou que a escolha deverá ser feita após uma pesquisa de intenção de votos a ser realizada no começo do próximo ano. O mais cotado deverá ser o escolhido.

Um dos idealizadores da frente, o vice-prefeito Carlos Cezar Barbosa  fez duras críticas ao prefeito Duarte Nogueira, argumentando que ele não tem cumprido os compromissos assumidos na campanha eleitoral. Entretanto, afirmou que descarta a possibilidade de renunciar ao cargo.

Alega que tem um compromisso com os eleitores que votaram na chapa por sua causa. Em nota, a prefeitura informou que a 0campanha eleitoral começa em 2020. Neste momento, a administração municipal prioriza manter o ritmo de trabalho e realizar os compromissos assumidos junto à população.

JF Pimenta/ Especial para o Tribuna
Frente de oposição “Todos por Ribeirão” foi lançada nesta terça-feira (8), no Stream Palace Hotel, vizinho ao Palácio Rio Branco: tucano na mira

 

 

 

 

 

Comentários