Nesses últimos dias fo­ram muitas as informa­ções sobre “Pantanal”, entre nomes escolhidos e detalhes da produção, porém, por uma questão de grade e a dificuldade de an­tecipar alguma coisa neste contexto maluco dos dias atuais, a ordem é agir com o máximo cuidado possível.

O elenco está praticamente fechado, embora ainda nada se confirme, de forma oficial, sobre a nova Juma Marruá – papel da Cristiana Oliveira na primeira versão. A coluna, de acordo com nota postada em fe­vereiro passado, continua apostando em Alanis Guillen, jovem atriz, seguindo a proposta que sempre existiu de se apostar em um rosto novo.

As gravações terão início em meados do mês que vem. Por questões logísticas e de saúde, os trabalhos começarão pelo Rio de Janeiro e só depois de alguns meses serão utilizadas as locações já definidas nas regiões de Aquidauana, Miranda e Corumbá. A mesma Fazenda Rio Negro, utilizada pela TV Manchete na década de 1990, foi escolhida para hospedar os atores e a equipe.

“Pantanal”, pela ordem, irá ao ar na faixa das 21h, depois de “Um Lugar ao Sol”, de Lícia Manzo.

Em tempo: sobre o elenco de “Pantanal”, a Globo pretende fa­zer um anúncio de gala no “Fantástico”.