Jornal Tribuna Ribeirão

Guilherme Pitbull enaltece empate com o Botafogo, mas quer voos maiores na Copa Paulista

RAFAEL ALVES/COMERCIAL FC

Depois de começar a Copa Paulista com um resultado ruim, o Comercial buscou um empate diante do Botafogo no clássico Come-Fogo e ganhou moral para a sequência do cam­peonato. Agora, o Leão do Nor­te tem dois confrontos seguidos com o Velo Clube, que perdeu suas duas partidas.

Após a partida, o volante Guilherme Pitbull, um dos lí­deres da equipe, falou sobre a mudança de postura do time. Segundo ele, o revés diante do Votuporanguense ecoou no ves­tiário do Leão do Norte.

“Nossa atitude já teria que ser diferente porque foi muito frustrante a estreia, o resultado passou, mas dói ainda aqueles 3 a 0, a gente olhar pela nossa equipe, pelo trabalho que vem sendo fei­to, incomodou bastante e a gente teve uma semana muito difícil. Entre nós a cobrança existiu e sa­bemos da nossa qualidade, a con­fiança no grupo e um no outro. Sabemos do trabalho que temos feito. Tínhamos que tomar uma atitude. Não podemos deixar cair, é manter o que foi feito aqui para mais”, afirmou.

Antes do clássico, alguns tor­cedores do Leão do Norte tiveram uma reunião com os jogadores. Segundo Pitbull, o encontro foi pacífico e os atletas entenderam as cobranças dos comercialinos.

“A conversa foi boa com eles. Estamos juntos. Para eles, o cam­peonato é não perder do Botafo­go, para nós é vencer o Botafogo, os próximos adversários e vencer o campeonato, conquistar títulos e escrever nosso nome na história do Comercial. Estamos aqui para honrar e defender as cores do Co­mercial da forma que for”, disse.

Ainda sobre a derrota para o Votuporanguense, o meio-cam­pista reiterou que o resultado foi doloroso, mas serviu como uma “virada de chave” dentro do gru­po Alvinegro.

“Doeu muito, machucou, nós não esperávamos. Estáva­mos confiantes num bom resul­tado contra o Votuporanguense, numa vitória. Foi uma ducha de água fria. Não tem hora para perder, mas se veio naquela hora, foi para mostrar que tínha­mos que focar mais e trabalhar mais”, finalizou.

O primeiro duelo com o Velo Clube está marcado para terça-fei­ra (28), às 15h, no estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto.

Confusão pós-jogo
O clássico Come-Fogo, além de ter sido feio dentro de campo, protagonizou cenas tristes fora das quatro linhas. Câmeras de se­gurança gravaram torcedores do Comercial, armados com pedaços de pau e barras de ferro, que tenta­ram invadir a sede de uma torcida organizada do Botafogo, que fica localizada na Vila Tibério.

De acordo com a Polícia Militar, não houve registro de boletim de ocorrência. Prin­cipal organizada do Botafo­go, a Fiel Força Tricolor, não se pronunciou sobre o caso. A Mancha Alvinegra, torcida do Comercial, negou a autoria dos ataques através de nota.

Deixe o seu comentário:

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com