Guto Figueiredo tem desafio em pista mineira pela primeira vez

0
21
DIVULGAÇÃO/FOLLOWX COMUNICAÇÃO

Equipe reduzida, em ra­zão da pandemia do Corona­vírus, e uma pista totalmente desconhecida. Esses serão os desafios do piloto de Ribei­rão Preto Guto Figueiredo na segunda etapa do Campeo­nato Brasileiro de Motovelo­cidade, neste domingo (27), no Autódromo Circuito dos Cristais, em Curvelo (MG).

“Não conhecer a pista é realmente um grande desa­fio. Quero aproveitar todos os minutos que terei nos trei­nos livres e classificatórios para observar cada detalhe da pista. Isso será muito im­portante”, ressalta Guto, que na primeira etapa da compe­tição nacional conquistou o segundo lugar, em Goiânia – ele é o atual campeão do SuperBike Brasil.

“Por todas as circunstân­cias, entre elas não termos a equipe completa, quero fazer uma corrida sem responsabi­lidade de pódio. Minha úni­ca meta será acelerar cada vez mais, ser mais rápido a cada volta. Não fiquei satis­feito com o desempenho na primeira etapa”, completa o piloto.

Ele refere-se à primeira prova do Brasileiro, realizada no início de agosto em Goiâ­nia. Apesar de largar na últi­ma fila e chegar em segundo, Guto não ficou satisfeito com os tempos de volta. “O pro­blema foi ter ficado mais de oito meses parado. A gente perde um pouco dessa sensa­ção de andar em velocidades maiores que 300 km/h. Sei que posso correr mais rápido e é isso que busco em Curve­lo. O pódio será consequên­cia desse trabalho”, finaliza.

Comentários