30.6 C
Ribeirão Preto
13 de agosto de 2022 | 16:31
Jornal Tribuna Ribeirão
FOTO: ALFREDO RISK/ARQUIVO
Destaque Saúde

HC terá aporte de R$ 67 mi

O governador Rodrigo Garcia (PSDB) liberou nesta quinta-feira, 23 de junho, na capital, investimento de R$ 217 milhões para o Hospi­tal das Clínicas de São Paulo e para o HC da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HC-FMRP/USP).

Deste total, R$ 150 mi­lhões serão destinados à ampliação do complexo do Hospital das Clínicas da Fa­culdade de Medicina e outros R$ 67 milhões ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Pre­to. Os recursos liberados são fruto de parceria com a Uni­versidade de São Paulo.

“Essa é uma iniciativa iné­dita. Pela primeira vez, a Uni­versidade de São Paulo destina recursos do seu orçamento, da sua autonomia universitária para investimentos impor­tantes nos nossos HCs”, diz Rodrigo Garcia. Do total de R$ 67 milhões liberado ao HC de Ribeirão Preto, R$ 50 milhões serão destinados ao serviço de oncologia.

Outros R$ 17 milhões para reforma e ampliação de leitos de UTI do hospital. Serão criados um Serviço de Diagnóstico Rápido e um ambulatório integrado de on­cologia, além do aumento de 25 novos leitos oncológicos, entre outras estruturas. Com o investimento, a unidade terá um incremento de 33% na capacidade de internações em oncologia, passando de 4,7 mil para 6,3 mil ao ano.

Na segunda-feira (20), durante a ação Governo na Área, em Ribeirão Preto, o governador anunciou que o Hospital das Clinicas recebe­ria R$ 43 milhões para inves­timento em ações de trata­mento e combate ao câncer. No mesmo dia, entregou as obras do Centro de Terapia Avançada (Nutera), que faz parte do maior programa de tratamento avançado para o câncer da América Latina.

A terapia celular inovadora já se mostrou altamente eficaz no tratamento de alguns tipos de câncer de sangue, como linfoma e leucemia linfoide aguda. No Brasil, o estudo vem sendo desenvolvido em par­ceria entre Instituto Butantan, USP e Hemocentro de Ribei­rão Preto, onde o Nutera foi construído. O valor total inves­tido chega a R$ 200 milhões.

Em 10 de dezembro, quan­do ainda era vice de João Doria (PSDB), Rodrigo Garcia anun­ciou, durante o RetomaSP, na Esplanada do Theatro Pedro II, no Centro Histórico de Ri­beirão Preto, repasse de R$ 33 milhões para o Hospital das Clínicas contratar 416 profis­sionais de saúde. As admissões serão efetuadas pela Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Assistência (Faepa).

A Faepa é a gestora do Hospital das Clínicas da Facul­dade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HCFMRP/USP). Do total liberado, R$ 28 milhões são para a contratação de 61 médicos, 70 enfermeiros, 187 técnicos de enfermagem e 98 profissionais de outras áreas. Além disso, a Faepa terá R$ 5 milhões para contratar serviço terceirizado de anestesistas.

O objetivo é aumentar o número de cirurgias no Hos­pital das Clínicas. O setor tem enfrentado problemas de falta de profissionais. Desde o início da pandemia de coro­navírus, em março de 2020, o HC de Ribeirão Preto foi considerado pelo governo do Estado como referência no enfrentamento ao vírus.

O atendimento na unidade é feito a pacientes com coro­navírus de Ribeirão Preto e de outras 25 cidades que fazem parte do 13º Departamento Regional de Saúde (DRS-XIII), além de pessoas que são de ou­tras regiões. No pico da segun­da onda pandemia, as unidades Campus e de Emergência che­garam a ter lotação de 82 leitos de Unidade de Terapia Intensi­va (UTI) e precisaram fechar vagas por falta de médicos.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com