24 C
Ribeirão Preto
17 de agosto de 2022 | 11:00
Jornal Tribuna Ribeirão
FOTO: DIVULGAÇÃO/HC
Destaque Geral

HC vai separar novas siamesas

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universida­de de São Paulo (HC-FMRP/ USP) fará neste sábado, 6 de agosto, a primeira cirurgia para separar as gêmeas siame­sas de Piquerobi (SP), que nas­ceram unidas pela cabeça.

Quarenta profissionais
Segundo nota da assessoria de imprensa do HC, “o proce­dimento foi minuciosamente planejado e preparado duran­te meses e contará com a par­ticipação de 40 profissionais, entre médicos, enfermeiros e equipes de apoio, dos depar­tamentos de Neurocirurgia Pediátrica e Cirurgia Plástica”.

Equipes
As meninas estão sendo acompanhadas por uma equi­pe multidisciplinar da insti­tuição desde 2021, antes mes­mo do parto, quando ainda estavam na barriga da mãe. A equipe do Hospital das Clíni­cas estima que a cirurgia tenha início por volta das sete da ma­nhã e termine à tarde, por volta de 15 horas.

HC agendou uma entrevis­ta coletiva para a manhã de se­gunda-feira (8). Este será o pri­meiro procedimento cirúrgico antes da separação total das gê­meas. Este é o segundo caso de operação envolvendo siamesas craniópagas – que nasceram unidas pela cabeça – realizado pelo Hospital das Clínicas.

Cearenses
Entre fevereiro e outubro de 2018, as gêmeas Maria Ysa­belle e Maria Ysadora, à época com 2 anos, passaram por cin­co cirurgias até a separação. Elas voltaram para Patacas, distrito de Aquiraz, distante 35 quilômetros de Fortaleza, no Ceará, onde nasceram, no final de março de 2019.

Os pais – Diego Freitas Farias e Débora Freitas – e as meninas viajam a Ribei­rão Preto esporadicamente para visitar a equipe médica do Hospital das Clínicas que comandou todo o processo de separação – inédito no Brasil – e os voluntários que colaboraram para manter a família na cidade durante o período do tratamento e ci­rurgias, que durou dois anos.

Agora, são acompanhadas em Fortaleza pelo neurologis­ta Eduardo Jucá, médico res­ponsável pela transferência das meninas para o HC de Ribeirão Preto, em 2017. Elas recebe­ram alta médica do HC Crian­ça em 7 de dezembro de 2018.

Depois, já em Fortaleza, passaram por reabilitação, que durou um ano – ficaram dei­tadas muito tempo na cama, e precisavam de trabalhos de fisioterapia para fortalecer a musculatura e desenvolver os movimentos. Para o neuroci­rurgião Ricardo Oliveira, que também acompanhou o tra­tamento, a evolução motora e cognitiva das meninas é consi­derada boa.

Cinco cirurgias
As duas foram separadas depois de uma série de cinco cirurgias que começou em fe­vereiro. A separação definitiva ocorreu em 27 de outubro de 2018, depois de 20 horas de cirurgia. A última cirurgia, como em todos os procedi­mentos que envolvem as sia­mesas, contou com apoio de 30 profissionais.

Covid-19
O médico norte-ameri­cano James Goodrich, refe­rência mundial no assunto e que criou o método de sepa­ração de siamesas por etapas, acompanhou a operação. Se­gundo ele, antes da cirurgia por fases era muito difícil salvar as duas pessoas e os pais, muitas vezes, tinham de escolher quem sobreviveria.

Goodrich faleceu, nos Es­tados Unidos, em março de 2020 devido a complicações pulmonares causadas pelo co­ronavírus, após ficar em coma por cinco dias, com respira­ção por aparelhos. Chefiava o Serviço de Neurocirurgia Plástica do Hospital Mount Sinai, em Nova York.

Já o médico Lucas Augusto Pires, de 32 anos, que partici­pou da cirurgia de separação definitiva das irmãs siamesas cearenses, morreu em 8 de agosto do mesmo ano, tam­bém de covid-19. Morreu no Hospital de Maringá (PR) e, apesar de não ter nenhuma doença preexistente, não resis­tiu ao coronavírus.

Todo o processo de separa­ção das meninas foi custeado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Nos Estados Unidos, uma cirurgia de separação como a delas custa cerca de R$ 9 milhões. A equipe que participou da cirurgia de se­paração foi composta por neurocirurgiões, cirurgiões plásticos, neurorradiologis­tas, anestesistas, pediatras in­tensivistas e enfermeiros.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com