Helicóptero é pivô de processo entre pai de Neymar e empresa de RP

0
1167
Foto: Divulgação

A Neymar Sport, empresa do pai de Neymar utilizada para a gestão de carreira do filho, está processando duas empresas sediadas na cidade de Ribeirão Preto. O pai do astro do PSG cobra na justiça o valor de R$ 3,5 milhões como saldo residual de uma operação para adquirir, em 2013, um helicóptero Eurocopter EC130B4, junto à Power Aviation Importação e a Tax Empreendimentos Imobiliários.

Segundo o site UOL Esporte, a Neymar Sport emprestou à Power Aviation e à Tax empreendimentos o valor de 3,8 milhões de dólares (R$ 16,6 milhões na cotação atual). Como garantia que devolveriam o valor, as empresas deram a aeronave, avaliada em 3 milhões de dólares, como garantia do negócio.

Durante o período, o helicóptero ficou liberado para uso do jogador e passaria oficialmente para a empresa de Neymar caso o pagamento não fosse efetuado dentro do prazo estipulado em contrato.

Como o pagamento não foi feito, a aeronave foi transferida para a Neymar Sport. Entretanto, o pai do jogador cobra o saldo residual de 800 mil dólares (R$ 3,5 milhões) das empresas ribeirão-pretanas.

Procurada pela reportagem do Tribuna, a Power Aviation, através de seu departamento de comunicação, afirmou que os responsáveis pela empresa ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o caso.

Bloqueio judicial

A disputa jurídica não é o primeiro problema que atinge a aeronave do astro brasileiro. O helicóptero está bloqueado pelo processo administrativo que a Receita Federal move contra o jogador e seu pai desde 2015. Isso significa que a aeronave pode ser utilizada, mas não pode ser vendida ou alugada até que a ação seja concluída.

Power Aviation

Há mais de 20 anos no mercado, a empresa, sediada em Ribeirão Preto, é especializada na comercialização de aeronaves, especialmente helicópteros. Segundo informações obtidas no site da empresa, mais de 750 aeronaves já foram negociadas em território nacional. A empresa, inclusive, possui um anúncio no site de vendas “Flight Market” de um modelo semelhante ao adquirido pelo jogador.

A aeronave de Neymar, em 2014, chegou a ficar exposta na Agrishow, considerada uma das maiores feiras de tecnologia agrícola do mundo e que acontece em Ribeirão Preto. Na ocasião, o helicóptero veio para a cidade para uma revisão e foi emprestado para que os organizadores do evento o expusessem.

Comentários