CHRISTOF STACHE/POOL VIA REUTERS

As inundações causadas por violentas chuvas que atingiram uma faixa da Europa Ocidental já mataram mais de 180 pessoas e milhares estão desaparecidas, segundo números divulgados pelas autoridades locais. As chu­vas, que começaram na quinta­-feira, 15 de julho, arrastaram vilarejos inteiros após um tem­poral de verão (no Hemisfério Norte) em níveis que não eram vistos na região havia um século.

A chanceler alemã, Angela Merkel, foi no domingo (18) a uma das regiões mais afetadas pelas devastadoras enchentes no oeste da Alemanha. A visi­ta ocorre enquanto o número de mortos no país chega a 157 pessoas e o perigo de transbor­damentos aumenta nas regiões leste e sul. O governo da Bélgica confirmou anteontem 24 óbitos, mas estima que haja mais mor­tos na tragédia. No total, já são 188 mortos nos dois países.