Jadson luta para se recuperar para o último jogo

0
696

Na reapresentação do Co­rinthians após dois dias de folga, o técnico Fábio Carille teve de administrar ausências impor­tantes. O zagueiro Balbuena, os meias Rodriguinho e Jadson não treinaram no gramado do CT Joaquim Grava nesta quar­ta-feira – o último se apresentou com bolsas de gelo no tornoze­lo. Além disso, Guilherme Ara­na, que viaja nos próximos dias para a Espanha para acertar sua transferência para o Sevilla, tam­bém não foi a campo.

“Não sei ainda o que o pro­fessor Carille decidiu. Vamos esperar para ver o que ele vai fazer. Mas se ele contar com minha presença, todo mundo vai estar pronto para ajudar a equipe. Vamos ver nas ques­tões clínicas, conversar com os médicos. Estou com os dois tendões inflamados, mas, se eu tiver bem, vou para o jogo”, disse o camisa 10 em entrevista coletiva no CT Joaquim Grava.

Com os desfalques, Carille comandou uma atividade com 19 jogadores de linha: nove contra nove e Jô como curinga. Independentemente da escala­ção, Jadson afirma que o Co­rinthians vai entrar para buscar a vitória, mesmo com o título brasileiro já conquistado.

“Jogo importante, muito mais para o Sport do que para a gente. Estão em uma situação de vida ou morte, mas a gen­te tem que, independente de quem vá lá jogar, entrar sério, conseguir os três pontos. Tem outras equipes lutando contra a queda e não queremos com­plicar ninguém, queremos fa­zer um jogo justo. Que vença o melhor”, disse Jadson.

O Corinthians volta a trei­nar nesta quinta-feira, quando o treinador poderá definir o time da última rodada. Clayson, Marquinhos Gabriel, Maycon e Camacho estão suspensos para a rodada final do Brasileirão.

Comentários