Justiça Eleitoral multa candidatos a prefeito

0
84

A Justiça Eleitoral de Ribei­rão Preto aplicou multa de R$ 5 mil aos candidatos a prefeito Fernando Chiarelli, do Patrio­ta, e Coronel Luis Henrique Usai, do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), totalizando R$ 10 mil.

O professor de literatura e inglês Fernando Chiarelli é citado por supostamente ter feito propaganda antecipada nas redes sociais. No caso de Luis Henrique Usai, o coro­nel da reserva Polícia Militar não teria informado que faria propaganda em uma página no Instagram.

O candidato do PRTB foi multado por causa de uma ação movida pelo Partido dos Trabalhadores. O PT alegou judicialmente que Usai utili­zou uma página no Instagram sem ter informado o endereço eletrônico para a Justiça Eleito­ral. A decisão é do juiz Sylvio Ribeiro de Souza Neto, da 305ª Zona Eleitoral.

Já a ação contra Chiarelli foi proposta pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) e diz respeito a uma postagem pu­blicada em uma página no Fa­cebook. A juíza Isabel Cristina Alonso Bezerra Zara entendeu que o post foi publicado três dias antes do início da propa­ganda eleitoral. Teria sido pos­tada no dia 24 de setembro e a campanha só poderia começar no dia 27. Os candidatos ainda podem recorrer.

A assessoria do Coronel Luis Henrique Usai informou que já recorreu da decisão. Porém, admite não ter indica­do os endereços para a Justiça Eleitoral. Cita que o caso já foi regularizado. Contudo, a equi­pe optou por tirar a página do ar até uma decisão final.

Já a equipe de Fernando Chiarelli diz à imprensa que o candidato não fez campanha an­tecipada porque a página oficial de sua candidatura no Facebook ainda não está no ar. Segundo a informação, deve ser ativada nos próximos dias. Alega ainda que a multa não interfere na corrida ao Palácio Rio Branco.

Comentários