Larga Brasa

0
44

Gasolina com redução de preços nas usinas
Mais uma vez o Governo Federal anuncia redução dos preços do combustível gasolina nas refinarias. As distribuidoras dificilmente repassam aos postos tais diminuições da tabela. O povo conti­nua pagando altos preços aos intermediários e também a alguns postos que colocam a margem de lucro beirando as raias do “abu­sivo”. Na esteira da diminuição dos valores deveria vir a redução do preço do etanol. O mercado tem por base o valor do litro da gasolina e o do etanol é 30% menor. Não se leva em consideração os valores cobrados pelo etanol anidro que entra na composição da gasolina em 27% cujo preço na usina é de 1,83 com todos im­postos. Ele é vendido ao preço do combustível ao consumidor e ninguém explica a diferença para onde vai. A ANP precisa consta­tar o que ocorre no mercado de combustíveis para agir.

Variação dos preços
Nos distribuidores finais, os postos, o etanol varia de preços. Há um posto na av. Capitão Salomão que está vendendo o produto por 2.299 (dois reais e vinte e nove centavos e nove décimos), outros variam de 2,399 (dois reais trinta e nove e nove) até 2,879 (dois re­ais e oitenta e sete e nove). As cotações da CEPEA-ESALQ são bem inferiores. Em São Carlos e outras cidades da região o etanol está sendo vendido a 2,29. A quem recorrer, seria ao Procon…

Preço do gás
O preço do gás tem variações. Retirado na revenda em Ribeirão Preto pode chegar a 64 reais. Nos bairros mais afastados o pre­ço praticado pode chegar a 100 reais ou entre 84 e 96. Na re­gião pode se encontrar o botijão a 55,99 retirado no distribuidor. O Ipem tem recebido reclamações sobre o peso dos botijões. Quando aferiu encontrou algumas irregularidades. As maiores reclamações são quanto aos litros fornecidos pelas bombas em algumas vezes diferente daquilo que esta marcando no visor. O Instituto alerta para que o consumidor sempre peça a nota para provar que o combustível foi comprado no estabelecimento, bem como pode pedir para que se verifique os litros entregues através de uma medida padrão de 20 litros. Já se encontrou di­ferença de 20% a menor contra o consumidor.

Lado bom
Existe o lado bom dentre os problemas apontados no merca­do. Existem muitos postos honestos que obedecem o Estatuto do Consumidor ao “pé da letra”. Basta o motorista e proprietá­rios de veículos escolherem os sérios e apontar os explorado­res aos canais competentes.

Comentários