Larga Brasa

0
60

IPM em reuniões em Brasília
A superintende do IPM, Maria Regina Ricardo, está em Brasília em reunião com o setor da Previdência Social para estabe­lecer os rumos do instituto municipal dentro das novas nor­mas que estão sendo “costuradas”. A intenção é resolver uma questão relativa aos aposentados, com cobertura do Fundo Previdenciário, e a outra parcela que não tem esta cobertura. A lei enviada para a Câmara será analisada em agosto.

Devolvido com juros e correção
Na entrevista concedida a nossa reportagem, a superinten­dente afirmou que os débitos da prefeitura para com o IPM foram quitados. “Todos”, ressaltou. Segundo a responsável pelo órgão, “com juros e correção monetária”.

14% a mais para aposentados e pensionistas
A atual taxa previdenciária que é cobrada na proporção de 11 por cento deverá ser aumentada para 14% no que extrapolar a tabela máxima do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para aposentados e pensionistas.

Prefeitura 28%
A prefeitura, por sua vez, deverá aumentar a sua contribuição para 28%. Acredita-se que com as mudanças o IPM poderá conseguir se manter. Também a análise que está sendo feita em Brasília é sobre a inclusão dos Estados e municípios nas nova legislação da Previdência.

Etanol – pequena majoração
O litro do etanol nas usinas sofreu um pequeno reajuste na úl­tima sexta-feira (12), segundo a cotação do Cepea- Esalq/USP. Referido aumento não sobrepujou a redução do preço a partir do dia 26 de abril até a última semana. Os valores reduzidos, acima de 20%, não foram repassados aos consumidores.

Comentários