Larga Brasa

0
67

Fascínio pela caneta
Vereadores novos, recém-eleitos, e os mais experientes, acos­tumados às articulações políticas, de antemão demonstram tendências de apoio a quem pode ser prefeito ou prefeita. O faro não falha. Dizem que é o fascínio pela caneta do futuro eleito. Com ela, o chefe do Executivo assina designações de cargos, determinações de serviços a serem executados para atendimento de eleitores apressados, etc.

“Político rolha”
Alguns políticos são considerados “rolha”, pois não importa quem seja o prefeito e nem as inundações em que venham a cair, estarão sempre por cima das águas e apoiando o Palácio Rio Branco e, claro, quem estiver ocupando o velho e histórico casarão. Até os fantasmas daquele antigo prédio sabem quem são os eternos “independentes”.

Aeroporto Internacional
Será que alguém agora vai lutar pelo aeroporto internacio­nal de Ribeirão Preto sem as promessas eleitorais, mas com fatos concretos? Desde 2002, quando venceu o processo licitatório para construção e operacionalização de um termi­nal alfandegado no Aeroporto Estadual Doutor Leite Lopes, a Tead Brasil – Terminais Aduaneiros do Brasil já investiu R$ 70 milhões no projeto.

Processo
A informação é do presidente da empresa, Carlos Ernesto Campos, que falou com o Tribuna em outubro e disse que, apesar de todos os investimentos feitos ao longo desses 18 anos, a Tead Brasil não obteve nenhum retorno financeiro, já que a internacionalização do aeroporto para o transporte de cargas não saiu do papel “por inoperância do poder público”. Ameaça recorrer à Justiça para ser indenizado.

Comentários