Larga Brasa

0
52

Queima de bombas
Muitas cidades da Região Metropolitana reclamam de intermi­tência da energia elétrica fornecida pela CPFL Paulista. Pre­feitos garantem que o pisca-pisca das luminárias determina o fornecimento irregular, o que provoca a queima de muitas bombas de abastecimento de água. Há um movimento de che­fes do Executivo que assumiram mandatos. A grita da popula­ção é muito grande.

Daerp
Vários bairros onde houve queima de bombas aguardam produção por parte das poucas empresas que fabricam tais equipamentos para retornarem o abastecimento de água. Em Ribeirão Preto, o Daerp também tem tido problema e desem­bolsado grandes somas para recuperação dos aparelhos.

Promessa é dívida
Promessa de financiamento de um aterro sanitário para atender à nossa região foram feitas nos últimos meses (antes das elei­ções), o que resultaria em redução de gastos para os municípios com o transporte do lixo até Guatapará. Afirmaram que um se­tor federal estaria disponibilizando empréstimo para as cidades interessadas. Atualmente, fica mais caro o transporte para o aterro de Guatapará do que a coleta toda de Ribeirão Preto.

Varrição
Os novos vereadores de Ribeirão Preto demonstram vontade de trabalhar para os eleitores que depositaram confiança ne­les e em seus partidos. Pedem que verifiquem os itens das chamadas “varrições” realizadas ou apresentadas como feitas pelas empresas que fazem o trabalho de coleta e limpeza da cidade. Funcionários garantem que quem mais limpa as vias públicas são as donas de casa, com a varrição matinal de cal­çadas sem qualquer remuneração.