Lincoln Fernandes vai ficar dez dias afastado

0
109
ALFREDO RISK/ ARQUIVO

O presidente da Câmara de Vereadores de Ribeirão Preto, Lincoln Fernandes (PDT), tirou licença médica de dez dias para se submeter a uma cirurgia. A assessoria do parlamentar não infor­mou a que tipo de interven­ção ele foi submetido. Assim que retornar ao Legislativo, o pedetista terá muito trabalho pela frente.

O primeiro desafio será conduzir a sessão que vai definir a composição das 21 comissões permanentes e do Conselho de Ética da Câma­ra, que será realizada após o recesso parlamentar, em 4 de fevereiro. Já os primei­ros projetos que deverão ser analisados são do Executivo e tratam da reestruturação do Instituto de Previdência dos Municipiários (IPM).

O objetivo é estabelecer regras para o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) de Ribeirão Preto e trazer para o âmbito municipal as mesmas regras e exigências para concessão de aposenta­doria e pensão dos servidores públicos federais, ou seja, ali­nhar a legislação municipal ao novo regramento federal.