Mãe de adolescente desaparecido faz apelo nas redes sociais

0
249

João Camargo

Prestes a completar dois meses do desaparecimento de Wesley Pires Alves Filho, de 13 anos, a mãe do garoto utilizou as redes sociais para fazer um desabafo e apelar por novas informações sobre a lo­calização do filho. O vídeo de Camila Pedroso de Oliveira Alves foi publicado na última terça-feira, 20 de outubro, e mostrou o desespero de uma mãe quanto a incerteza do paradeiro do filho.

“Estou desesperada, eu não consigo mais viver, eu não consigo mais pensar. Eu preciso de uma notícia”, disse Camila em vídeo publicado nas redes sociais

“Vai completar dois meses que eu não tenho notícia, não tenho uma imagem que prove onde meu filho está. Eu não tenho mais onde procurar, eu não tenho mais o que fazer”, comentou Camila.

Ainda na publicação, Ca­mila diz não acreditar que o filho tenha fugido de casa por conta própria e que não queira voltar. “Eu conheço meu filho, eu sei o que eu ensinei para ele. Ele não iria fazer isso por con­ta própria. Não ia passar dois meses sem voltar para casa. Es­tou desesperada, eu não con­sigo mais viver, eu não consi­go mais pensar. Eu preciso de uma notícia. Eu preciso saber o que aconteceu e onde ele está”.

A investigação
Wesley saiu da casa dos pais, onde mora, no Jardim Aeroporto I, em Franca, no dia 28 de agosto, dizendo que iria até um varejão. Porém, não foi mais visto desde então.

Durante as investigações, câmeras de segurança fla­graram o momento em que o adolescente sai de casa e percorre por alguns bairros da cidade. O último registro teria mostrado o menino na Rodovia Ronan Rocha.

Diante das incertezas e pistas que não resultaram na localização do garoto, a Dele­gacia de Investigações Gerais (DIG) de Franca traçou um perfil psicológico do adoles­cente, para entender o moti­vo pelo qual ele fugiu e não quer voltar. Hipótese essa em que a Polícia se baseia.

Em entrevista ao Tribuna, Eduardo Bonfim, delegado do caso, informou que o celular de Wesley foi periciado, mas não há nenhum tipo de con­versa que remeta a ele querer sair de casa.

Câmeras de segurança flagraram o momento em que Wesley saiu de casa e percorreu alguns bairros de Franca

“Não tem nada. São mui­tas mensagens analisadas, mas nada sugere uma fuga, nada indica um problema maior dentro de casa, nada que tenha despertado interesse na inves­tigação”, disse.

Camila pede para que se alguém tiver qualquer infor­mação sobre Wesley faça con­tato pelos telefones (16) 99417- 7833 e (16) 99360-5431. Além disso, a polícia também pode ser contatada por meio do nú­mero 190.

“Se alguém deu carona, se alguém sabe onde ele está, se alguém sabe o que aconteceu, eu imploro que me falem. Li­gue de um número privado. Não precisa falar nome. Eu só queria uma notícia verdadeira, uma imagem, uma foto, algu­ma coisa”, finalizou Camila.

Comentários