FOTOS: ALFREDO RISK

João Camargo

A vacinação da popula­ção da Região Metropolitana de Ribeirão Preto, que reúne 34 municípios, já atingiu 54% das pessoas com, pelo menos, uma dose. De acordo com le­vantamento feito pelo Tribuna, com dados disponibilizados da plataforma “Vacivida”, 940.689 pessoas receberam a primeira parte do imunizante.

Além disso, pouco mais de 22% da população da região já foi completamente imunizada, seja com a aplicação de duas do­ses ou dose única das vacinas.

Em Ribeirão Preto, 157.962 pessoas já estão totalmente imunizadas. Destas, 141.863 receberam duas doses do imu­nizante e 16.099 receberam a vacina com dose única.

Em Ribeirão Preto, 157.962 pessoas já estão totalmente imunizadas

No entanto, a Região Me­tropolitana ultrapassou a marca de 5 mil mortos pela covid-19, segundo dados divulgados pelo Governo do Estado de São Pau­lo, que reúne informações do Centro de Vigilância Epide­miológica (CVE), da Coorde­nadoria de Controle de Doen­ças (CCD) e da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Esses dados mostram ainda que o número de casos do novo coronavírus nos 34 municípios da região é de 174.599. Entre as cidades com maior número de casos estão Ribeirão Preto (73.051), Sertãozinho (18.712), Jaboticabal (7.095), Monte Alto (6.004) e Mococa (5.544).

Em todo o mundo, já fo­ram registrados cerca de 196,6 milhões de casos de covid-19, sendo aproximadamente 4,2 milhões de mortes. No Brasil, foram contabilizados 19,8 mi­lhões de casos e cerca de 554,5 mil óbitos.

Confira nesta página a tabela completa com o número de ca­sos, de mortes e de doses aplica­das de vacina em cada um dos 34 municípios da Região Metro­politana de Ribeirão Preto.

53% da população vacinada em Ribeirão Preto
Assim como em toda a re­gião, Ribeirão Preto também já vacinou mais da metade de sua população. De acordo com os números mais recentes, o mu­nicípio vacinou cerca de 53% das pessoas. No entanto, em resposta ao Tribuna, a Secre­taria Municipal de Saúde in­formou que não trabalha com uma previsão de quando toda a população será vacinada com a primeira dose.

A pasta comunicou ainda que, em relação à aplicação da segunda dose da vacina, “está sendo feita de acordo com o prazo estipulado pelos fabrican­tes, respeitando o cronograma estabelecido pelo Governo do Estado de São Paulo, responsá­vel também pelo envio das doses aos municípios”.

Diante do avanço na imuni­zação da população, a Prefeitura de Ribeirão Preto disse que es­tuda a volta da “Nove Aberta” e que a confirmação será divulga­da em breve. A Administração Municipal ressaltou ainda que a previsão é de que a atividade aconteça uma vez por mês. Du­rante uma solenidade esportiva o prefeito Duarte Nogueira ga­rantiu que a avenida seria aberta ao evento no dia 22 de agosto e que a expectativa de que toda a população adulta fosse vacinada até o dia 20 de agosto.

Em edições anteriores, a “Nove Aberta” foi um evento que reunia as pessoas na Avenida Nove de Julho e proporcionava diversas atividades espalhadas pela via, como brincadeiras, exposição e jogos.

Flexibilizações em RP
Na quinta-feira, 29 de julho, foi anunciado que Ribeirão Pre­to se anteciparia as flexibiliza­ções do Plano São Paulo e per­mitindo a abertura do comércio e outras atividades desde a de sexta-feira, 30 de julho.

A fase de transição teve ca­pacidade ampliada e horário estendido para fechamento do comércio, das 6h às 24h.

A Prefeitura informou tam­bém a obrigatoriedade de uso de máscara e demais cuidados. A partir de 17 de agosto, será estendida dentro das regras do Plano SP. Assim, “fica permiti­do o funcionamento de ativi­dades comerciais presenciais, restaurantes e similares, aca­demias de ginástica, atividades culturais e salões de beleza das 6h às 24h, além das atividades religiosas coletivas.”

A taxa de ocupação destes locais sobe de 60% para 80%. Os parques municipais funcio­narão das 6h às 20h. Eventos com shows somente poderão acontecer quando não hou­ver aglomeração.

Atividades de restaurantes e similares, o atendimento somente poderá ser feito com pessoas sentadas, sem pista de dança, e serviço e consumo deverá ser exclusiva­mente nas mesas.

Pouco mais de 22% da população da região já foi completamente imunizada, seja com a aplicação de duas doses ou dose única das vacinas

Butatan inicia nova etapa de projeto em Serrana
Desde o último sábado, 24 de julho, teve início em Serrana uma nova etapa do Projeto S, estudo realizado pelo Butantan no município para entender o impacto da vacina no controle da pandemia de Covid-19. No novo ciclo, o instituto analisa a imunidade de longo prazo dos moradores da cidade após a vacinação com as duas doses da CoronaVac.

Na oportunidade, mais de 2 mil voluntários participaram da pesquisa. Nesse fim de semana, sábado, 31 de julho, e domingo, 1º de agosto, uma nova coleta de sangue estava prevista com os candida­tos interessados que não conseguiram participar no primeiro final de semana. O voluntário deve se dirigir a uma das escolas que foi ponto de vacinação durante a etapa de imunização do Projeto S.