Marinho chora em vídeo após ouvir de comentarista que estava na senzala

0
47

O atacante Marinho publi­cou um desabafo nas redes so­ciais nesta sexta-feira após ser alvo de racismo. Um dia depois de ter sido expulso na derrota do Santos para a Ponte Preta, pelo Campeonato Paulista, na Vila Belmiro, o jogador chorou em um vídeo e lamentou ter sido associado à senzala pelo o comentarista Fabio Bene­detti, da Energia 97 FM.

“Você (Marinho) é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que você fez”, disse Benedetti depois da derrota santista por 3 a 1. O comentário veio após Benedetti ser questionado o que falaria caso participasse do grupo de WhatsApp dos jogadores do Santos.

Já nesta sexta pela manhã, Marinho demonstrou estar inconformado. “Quando acon­tece com a gente, a gente sente mais. E eu brigo toda hora. Por isso brigo pela causa, porque quando passamos na pele é horrível. E não podemos dei­xar isso passar. Eu sei quem eu sou, sei o valor que tenho. E aí, eu fico pensando, porque anti­gamente eu não tinha voz ati­va, aí passavam despercebi­das todas essas coisas”, disse em vídeo publicado no Ins­tagram. “E a justiça não pune esses caras preconceituosos, vermes”, completou

Marinho disse perdoar o comentarista, porém afirmou que ficou decepcionado. “O tom de deboche ao falar que eu tinha que ir pra senzala não pegou bem. Tenho orgu­lho da minha cor, orgulho de onde vim, você é pai e ensine teus filhos a ser diferente de você em pensamento”, co­mentou o jogador.

Após a polêmica, Benedetti se desculpou nas redes sociais. “Quero reforçar que sou e sem­pre fui totalmente contrário à qualquer tipo de discrimi­nação e lamento muito pelo ocorrido, em momento algum tive a intenção de ofender nin­guém”, escreveu. “Já entrei em contato com o Marinho para me desculpar e gostaria de tor­nar público o meu arrependi­mento”, acrescentou.