EVELYN HOCKSTEIN/REUTERS

Segundo autoridades locais, subiu para 20 o número de mor­tos encontrados nos escombros do prédio que desabou em 24 de junho em Surfside, no Condado de Miami-Dade, perto de Mia­mi, na Flórida, nos Estados Uni­dos, elevando para 20 o número de mortes confirmadas.

Pelo menos 128 pessoas permanecem desaparecidas, entre elas, uma criança brasi­leira de 5 anos. O número de desaparecidos diminuiu ligei­ramente nesta sexta-feira, 3 de julho, após autoridades anali­sarem relatórios e constatarem que pessoas consideradas não encontradas estavam a salvo.

Washington
Equipes de busca e resgate tentavam retirar ontem do meio de escombros um trabalhador preso dentro de um edifício par­cialmente construído, de cinco andares, que desabou durante uma tempestade em Washing­ton, nos Estados Unidos.

Mais quatro trabalhado­res foram removidos do local pouco tempo depois do desa­bamento na capital norte-ame­ricana, que ocorreu na quinta­-feira, 1º de julho, por volta das 15h30 no horário local, segun­do John Donnelly, diretor-as­sistente dos bombeiros.

Os trabalhadores resgata­dos foram levados a um hospi­tal local, a oito quilômetros do Capitólio. Nenhum deles cor­ria risco de morrer, disse Don­nelly. O trabalhador preso nos escombros estava consciente e em contato com as equipes de bombeiros que tentam res­gatá-lo, afirmou o diretor.