Ministro da CGU testa positivo para covid-19

0
16
MARCELLO CASAL JR./AG.BR.

O ministro da Controla­doria-Geral da União (CGU), Wagner Rosário, testou posi­tivo para a covid-19 na quin­ta-feira, 30 de julho, informou a assessoria da pasta nesta sexta-feira (31). “Ele ficará em isolamento até novo teste e alta médica” e “até lá manterá as atividades de forma remota”, completa a assessoria.

Com Wagner Rosário já são seis ministros do gover­no federal que contraíram o novo coronavírus, além do próprio presidente da Repú­blica, Jair Bolsonaro. Tam­bém testaram positivo para a doença os ministros Marcos Pontes (Ciência, Tecnologia e Inovações), Milton Ribeiro (Educação), Bento Albuquer­que (Minas e Energia), Onyx Lorenzoni (Cidadania) e Au­gusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional).

A primeira-dama Michelle Bolsonaro, de 38 anos, testou positivo para covid-19, se­gundo exame feito também na quinta-feira. “Ela apresenta bom estado de saúde e seguirá todos os protocolos estabele­cidos”, diz a nota da Secretaria Especial de Comunicação So­cial. O caso está sendo acom­panhado pela equipe médica da presidência.

No início desta semana, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que deu negativo seu teste para covid-19. Ele não informou quando o novo exame foi feito. Ficou em isolamento no Palácio da Al­vorada, residência oficial da Presidência, até sábado pas­sado (25).

Um levantamento feito no dia 8 de julho mostrou que, até aquela data, quase 30% dos governadores do país foram contaminados com a doença, além de prefeitos, parlamen­tares e ministros de Estado. O número aumentou, uma vez que o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), tes­tou positivo no dia 15.

O governo informou, no início do mês, que 108 dos 3.400 servidores do Palácio do Planalto testaram positivo para covid-19 até 3 de julho. “Não houve mortes e mais de 90% desses casos foram assintomáticos ou apresenta­ram apenas sintomas leves.” Até o dia 20 de maio, eram 35 infectados.