Morre Bunny Wailer, fundador do Bob Marley & The Wailers

0
16

A lenda jamaicana do re­ggae conhecido no mundo como Bunny Wailer morreu nesta terça-feira, 2 de mar­ço, aos 73 anos, no Andrew’s Memorial Hospital em Kin­gston. A informação foi pas­sada pela ministra da Cultura da Jamaica, Olivia Grange, em um comunicado.

Ela não especificou a cau­sa da morte do percussionista e cantor, que, ao lado de Bob Marley e Peter Tosh, fundou o grupo The Wailers. O em­presário de Wailer, Maxine Stowe, informou ao Jamaica Observer que o músico mor­reu por volta das 8h e que estava internado desde julho de 2020. Ele ainda estava em recuperação de um segundo derrame que sofreu no ano passado.

Bunny Wayler venceu três Grammys na década de 1990. Nascido Neville Livingston, seu apelido Bunny Wailer foi dado pelo amigo Bob Marley. Irmãos postiços na infância, após o casamento dos pais deles, eles fizeram suas pri­meiras gravações nos anos 1960 com o também amigo Peter Tosh. O trio seguiu jun­to até 1973, quando Wailer saiu da banda para se dedicar à carreira solo.

Em 2017, o governo da Jamaica concedeu uma Or­dem de Mérito a Wailer por sua contribuição à cultura local. Seu último lançamen­to foi o disco Dub Fi Dub, de 2018. Em fevereiro de 2019, a Jamaica voltou a re­conhecer o artista por sua contribuição à música local com o Reggae Gold Ward. Bunny Wailer era casado com Jean Watt, também co­nhecida como Sister Jean.