Morre Saulo Gomes aos 91 anos

0
737

O jornalista e escritor morreu em decorrência de infarto na sua residência

O escritor e jornalista Saulo Gomes, 91, morreu, na madrugada desta quarta-feira (23).

Saulo foi vítima de um infarto em sua residência.

O jornalista ocupava a cadeira 28 da Academia Ribeirão-pretana de Letras.

Entre os livros publicados por ele está “Pinga-Fogo com Chico Xavier”.

Saulo Gomes é reverenciado como um dos mais profícuos repórteres do Rádio e da Televisão Brasileira.

Em produtiva carreira, Saulo Gomes se destacou com o jornalismo investigativo, tendo iniciado as atividades em 1958, com reportagens sobre  casos de mortes e chacinas no Rio de Janeiro, promovidos pelo então chamado “Esquadrão da Morte”.

Em 1960, foi o primeiro jornalista revelar detalhes do misterioso “Crime da Fera da Penha” de grande repercussão nacional.


Saulo introduziu a inovação do  utilização de helicópteros nas reportagens jornalísticas, em 1967.

A família aguarda manifestação da Edilidade para que  o velório aconteça na Câmara Municipal de Ribeirão Preto, mas ainda não há confirmação.

Saulo Gomes é cidadão ribeirão-pretano, titulo outorgado pela vereança municipal.

Comentários