21.8 C
Ribeirão Preto
8 de agosto de 2022 | 4:43
Jornal Tribuna Ribeirão
KEN CHU/EXPRESSÃO STUDIO
Turismo

NATAL E RÉVEILLON – Paz e sossego em São Pedro, na encosta da Serra do Itaqueri

Dizem que viajar é viver outra vida por alguns dias, tamanha é a capacidade de uma viagem possibilitar no­vas experiências. Pensando nisso, considere passar as fes­tas de Natal e Réveillon numa acolhedora cidade na encosta da Serra do Itaqueri, longe do movimento e do barulho.

São Pedro, com pouco mais de 36 mil habitantes, é esse desti­no tranquilo, perfeito para apreciar a natureza e levar as crianças para uma vivência típica do interior, que inclui passeio de bondinho para ver a decoração natalina e a casi­nha do Papai Noel, assistir o coral nas escadarias da igreja, exposição de presépios feitos manualmente, música nas feiras e praças.

A decoração natalina, em vários pontos da cidade e em atrativos turísticos, como no Portal de Entrada da Avenida Imigrantes e na Praça Gusta­vo Teixeira, é um espetácu­lo durante o dia e à noite. E já começou a programação musical de final de ano, com shows na Feira do Artesana­to, Feira do Produtor e Core­to da Praça Gustavo Teixeira. No Museu Gustavo Teixeira, além de show, recital de pia­no e contação de estórias, tem exposição de presépios artesanais, resultado de um concurso feito pela prefeitura de São Pedro.

O Bondinho Encantado, fruto de um projeto social, que pela primeira vez está em São Pedro até o dia 23, faz passeios durante o dia (traje­to dos atrativos turísticos) e à noite (trajeto da decoração natalina). Passeios especiais são feitos com as crianças da rede municipal de ensino e das entidades sociais, duran­te a semana. São-pedrenses e turistas podem trocar seus ingressos por um quilo de alimento, um litro de leite ou um pacote de fralda para o Fundo Social, na Biblioteca de São Pedro durante o dia. Na Semana do Natal, acom­panha o Bondinho em carre­ata, um carro alegórico com a Trupe Circense fazendo a alegria das crianças.

Especialmente para as crianças, Papai Noel chega­rá a São Pedro no dia 23, às 20h30, na Praça Gustavo Tei­xeira. “Nossa festa de Natal é para as famílias. Priorizamos uma programação bem dis­tribuída na cidade, com dife­rentes tipos de intervenções, para reduzir aglomerações. E valorizando o artista são­-pedrense”, afirma Clarissa Quiararia, Secretária de Tu­rismo de São Pedro.

Em São Pedro, o turista encontra diversidade e qua­lidade em hospedagem. São pousadas de diferentes perfis na cidade e na zona rural, ho­téis no centro, hotéis-fazenda para quem quer descansar com toda a estrutura, spa para quem quer mesmo é re­laxar e campings que sempre têm público cativo. É esco­lher a opção, cidade ou natu­reza, e programar a viagem.

Atrativos turísticos
Atrações turísticas na ci­dade é o que não faltam. As crianças vão amar passar o dia no Thermas Water Park, o 8º parque aquático mais vi­sitado da América Latina. A impressão de estar em uma praia é presente na piscina de ondas, a maior do Estado de São Paulo. Rendem ainda muitos cliques a bordo de uma réplica em tamanho real do navio “Galeão Pérola Ne­gra”, que faz parte do cenário.

Outro atrativo é o Parque Marcelo Golinelli, convi­te para ver a um pôr do sol inesquecível do alto da serra nos mirantes estrategicamen­te posicionados. Do alto, se tem a vista privilegiada de uma das mais belas paisagens do Estado de São Paulo. A es­tância é a única entre as 13 ci­dades da região turística que oferece voos de balonismo, parapente e asa-delta, por isso atrai visitantes também dos outros destinos.

Um dos pontos mais visi­tados pelos turistas é o Parque do Cristo, também no alto da serra, onde costumam fazer parada ao pé de uma grande imagem e em sua escadaria que retrata as belezas natu­rais. Para o Réveillon, ainda no alto, uma sugestão é o Bar da Rampa, que foi reformado e terá programação musical na noite da virada. “Como é na serra e oferece uma vista magnífica, é uma opção per­feita para quem quer ver os fogos nas cidades da região, como Piracicaba, mas longe do barulho e da movimen­tação”, explica Rogério Boa­ventura, proprietário da casa, que reabriu no último dia 11.

Antiquário Villa Del Capo – O espaço oferece três atrações: Antiquário, Restaurante e Orquidário. Localizado na Estrada Vicinal
João Dorigon, vale conhecer os acervos com peças e objetos raros e exclusivos

Gastronomia
No alto da serra, a Venda do Brilio é parada obrigatória. O café servido aos domin­gos ganhou fama em toda a região, principalmente entre motociclistas e famílias. Mas o costelão não fica atrás. O prato, servido com arroz, fei­jão tropeiro, vinagrete e man­dioca, é divino. “O segredo é o corte especial de boi da raça Angus e assado lentamente. São seis horas no bafo para depois finalizar na brasa”, con­ta Cléber Fabiano Zanette, dono do estabelecimento que abrirá todo o período entre Natal e Réveillon, com exce­ção das quartas-feiras.

Também na serra outra sugestão é a Estação da Ca­chaça. A casa envelhece e vende a bebida que está no seu nome, mas o café coado na hora, que vai bem com a coxinha deliciosa do local ou um lanche de pão de queijo recheado, é perfeito para o passeio da tarde. No fundo da cafeteria ainda tem lojinha de artesanato com diversas opções de lembrancinhas. No dia 24, abre das 8h às 17h e reabre dia 26, no mesmo ho­rário.

Para quem quer começar 2022 comendo muito bem, a sugestão é o Café Colonial Rural do Quintal da Serra. Instalado num casarão com amplo jardim, neste final de ano funcionará nos dias 28, 29 e 30 e, depois, reabre no dia 2 de janeiro. O buffet, com mais de 50 itens, inclui polenta, almôndega de fran­go, cuscuz, linguiça caseira, salgados, ovos, pão de queijo, além de frutas, frios, bolos, tortas e doces feitos – estes últimos três, todos caseiros.

Parque Municipal Aureliano Esteves do Cristo – Localizado na subida da Serra, o espaço oferece um mirante com uma réplica em tamanho menor do Cristo Redentor, uma capela, trilha para caminhada e corrida. Outro atrativo do lugar é o restaurante com parque infantil

São Pedro
A estância turística fica a 180 km de Ribeirão Preto e é uma opção procurada por turistas de todo o Estado de São Paulo. Integra o Circuito Serra do Ita­queri e abriga muitos atrativos naturais com belíssimas pai­sagens, cachoeiras no meio da cadeia de montanhas formadas pela serra, fazendas e parques ecológicos que oferecem aos seus visitantes muitas opções de lazer, aventura com práticas de esportes radicais e descanso.

A típica cidade do interior acolhe seu visitante com muita hospi­talidade em seus diversos hotéis fazenda, assim como restau­rantes típicos, praças, parques, museus, eventos musicais, casarões antigos e igrejas. A cidade, que ao longe lembra um presépio napolitano, foi fundada no século XIX, atraindo imigran­tes italianos devido à cafeicul­tura, que colonizaram a região, que mantém suas tradições culturais e a rica gastronomia.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com