ARQUIVO/TRIBUNA

A ocupação de leitos de terapia intensiva em Ribeirão Preto estava abaixo de 70% às 19 horas desta quinta-fei­ra, 15 de julho. Segundo a plataforma leitoscovid.org, a taxa era de em 68,9%. Havia pacientes internados em 219 das 318 vagas disponibiliza­das pelos onze hospitais da cidade e os dois Polos Co­vid-19, sendo que 162 esta­vam com respirador artificial.

Na enfermaria, a taxa era de 57,6% no mesmo horário, com 183 dos 318 leitos ocu­pados. No total, a cidade ti­nha 402 pacientes internados na noite de ontem. Somando todos os hospitais públicos da cidade, a taxa de ocupação de Unidade de Terapia Inten­siva (UTI) era de 68,8% às 19 horas desta quinta-feira, com pacientes internados em 108 dos 157 leitos disponíveis – 108 com respiradores. Na en­fermaria, a taxa era de 48,9% (90 pessoas e 184 vagas).

Vacinação
Segundo balanço divulga­do pelo “Vacinômetro”, fer­ramenta digital desenvolvida pela Secretaria de Comunica­ção em parceria com a Com­panhia de Processamento de Dados do Estado de São Pau­lo (Prodesp), até as 19 horas desta quinta-feira Ribeirão Preto havia aplicado 453.892 doses de vacina contra a co­vid-19.

Segundo o site, Ribeirão Preto recebeu mais 34.032 doses de imunizantes na se­gunda-feira (12), saltando de 484.496 para 518.528. De acordo com a ferramen­ta, 330.522 pessoas já foram imunizadas (primeira dose) na cidade. Estes “ribeirão­-pretanos” representam 46,4% da população, estimada em 711.825 pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geogra­fia e Estatística (IBGE).

Outras 15.641 pessoas re­ceberam a vacina da Janssem, em dose única (2,2% dos mo­radores). Ou seja, 346.163 habitantes já receberam ao menos uma dose (48,6%). Além disso, 107.729 recebe­ram a segunda dose (15,1% da população).