Os 85 anos do pai da Turma da Mônica

0
27

Maurício de Sousa comple­tou 85 anos nesta terça-feira, 27 de outubro. Ao longo da vida, teve dez filhos que inspi­raram uma turminha que, há mais de 60 anos, vive no Bairro do Limoeiro. Mas todo brasi­leiro que gosta de histórias em quadrinhos se sente um pouco filho dele também.

Mauricio de Sousa admi­te que também se sente um pouco pai de milhões de nós. E não tem ciúme, não. A Ma­gali da vida real é bem pare­cida com a dos quadrinhos: além de amar comer, é amiga de todos. E gosta dessa histó­ria de ser um pouco irmã de todo mundo.

Antes de fazer gibis, Mau­ricio de Sousa trabalhou como repórter policial. Ele conta que foi naquela época que, ao se ver obrigado a en­xugar o texto, desenvolveu a arte dos quadrinhos. Quem acompanha a Turma da Mô­nica sabe que, em meio a pla­nos infalíveis e brincadeiras, a diversidade dos persona­gens é importante.

Cada pequeno leitor se identifica com pelo menos um personagem. E identifica os coleguinhas também nas histórias. Esses valores de respeito, tolerância e amizade são os que Mauricio consi­dera seu grande legado. Não é à toa que ele provoca, sem qualquer exagero, filas quilo­métricas em sessões de autó­grafo e já recebeu inúmeras homenagens, inclusive na passarela do samba.

Um filme baseado na au­tobiografia “Mauricio – A história que não está no gibi” está em fase de produção e a expectativa é que, em breve, a vida do pai da Turma da Mô­nica ganhe as telonas. Mau­ricio de Sousa é responsável pela criação de personagens como Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali, Chico Bento, Bidu, Penadinho, Pelezinho, Horácio, Piteco e Astronauta, entre tantos outros.

Comentários