Pais aprovam volta às aulas em março

0
22
ANDO GONZAGA/CCS

Uma pesquisa que está sen­do realizada pela Secretaria Municipal da Educação re­vela que 74% dos pais ou res­ponsáveis pelos alunos ma­triculados na rede municipal de ensino concordam com o retorno as aulas presenciais em 1º de março. O resultado é parcial, já que o levantamento não foi concluído.

A pesquisa está sendo feita no site da secretaria. Para par­ticipar, o interessado deve digi­tar o número da rematrícula, o nome completo do aluno e sua data de nascimento. O Tribuna questionou quantos pais ou representantes – número ab­soluto – já haviam participado, mas a pasta diz que estes dados ainda não estavam disponíveis.

Na semana passada, a pre­feitura decidiu adiar o início das aulas presenciais para os estudantes do ensino funda­mental, antes agendado para a última segunda-feira (8). Em comunicado, afirma que as au­las terão inicio em 1º de março junto com as do ensino infan­til. Ribeirão Preto tem 110 es­colas aptas a atender e 46.228 alunos matriculados no ensi­nos infantil e no fundamental.

A alteração no calendário segue uma decisão conjunta do prefeito Duarte Nogueira (PSDB) e das secretarias da Educação e da Saúde, devi­do à situação epidemiológica da região de Ribeirão Preto. O governo municipal afirma que a prioridade é “a segu­rança de todos, mas também garantir a volta da rotina es­colar dos estudantes, que já tiveram vários prejuízos no âmbito psicológico, cognitivo, físico e na aprendizagem”.

Segundo a Secretaria Mu­nicipal da Educação, mesmo com a alteração na data de inicio das aulas, os estudantes terão os 200 dias letivos previstos na le­gislação educacional, até 22 de dezembro. Enquanto as aulas não recomeçam, utilizará este período para receber sugestões de pais e professores na organi­zação escolar. Não haverá reces­so bimestral e as férias de julho serão de apenas uma semana.

As aulas presenciais segui­rão as normas do Plano São Paulo, de acordo com a fase em que a cidade se encontra. Nas fases vermelha e laranja, a capacidade é de até 35% de lotação em suas salas. Na fase amarela, a lotação é de até 50% na rede municipal, e na fase verde e azul até 100%.

Em Ribeirão Preto, além da porcentagem de até 35% de ocu­pação, as salas ainda serão divi­didas em três grupos – A, B e C –, em dias alternados. Na fase amarela, a porcentagem aumen­ta para até 50%, com dois gru­pos – A e B – e nas fases verde e azul, aumenta para 100%.

De acordo com a prefeitur,a todas as unidades escolares da rede municipal de Ribeirão Preto estão preparadas para receber os alunos matricula­dos para este ano, cumprindo todos os protocolos sanitários que dispõem sobre a volta às aulas, suspensas desde março do ano passado.

As unidades escolares já receberam todos os equipa­mentos de proteção individu­al (EPIs) para uso dos alunos, professores e funcionários, que são: máscaras, face shields, aventais, termômetros infra­vermelhos, fita zebrada, sabo­nete líquido, água sanitária, álcool líquido e álcool em gel.

Também realizaram várias adequações para receber os estudantes, como demarcações no solo, nos refeitórios, pátios, banheiros, adequações nas sa­las de aula com a disposição correta das carteiras para cum­prir o distanciamento social, além de todo o planejamento pedagógico e o planejamento das rotinas diárias.