O Palmeiras encerrou sua preparação para enfrentar o Melgar com um treinamento na Academia de Futebol du­rante a tarde desta segunda-feira (11). Felipão permitiu que a imprensa acompanhas­se apenas os primeiros 10 minutos de aquecimento dos jogadores. No breve período aberto da movimentação, foi possível observar no grama­do os atletas poupados no fim de semana, casos de Bruno Henrique, Dudu e Ricardo Goulart, por exemplo.

Assim, a equipe inicial estará descansada para o confronto com o adversário peruano, válido pela segunda rodada do Grupo F da Copa Libertadores. A primeira partida do Palmeiras como mandante pelo torneio con­tinental está marcada para as 19h15 (de Brasília) desta ter­ça-feira, no Allianz Parque.

O centroavante Deyver­son, punido apenas no Cam­peonato Paulista, está à dis­posição para o compromisso pela Libertadores. Assim como Matheus Fernandes, Guerra, Hyoran e Artur Ca­bral, devidamente inscritos no campeonato. Já o zagueiro Luan, lesionado, segue como desfalque.

Felipão não deu pistas sobre a escalação, mas uma provável formação do Pal­meiras tem Weverton; Mar­cos Rocha, Antônio Carlos, Gustavo Gomez e Victor Luis; Felipe Melo, Bruno Henrique e Ricardo Goulart; Gustavo Scarpa, Dudu e Bor­ja (Deyverson).

Moisés
O Palmeiras não poderá contar com o meia Moisés para o clássico do próximo sábado, contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista. O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) definiu nesta segunda-feira a punição de um jogo de suspensão por ele ter se envol­vido em uma confusão com o zagueiro Gustavo Henrique, do Santos, que também rece­beu a mesma pena.

No clássico entre Pal­meiras e Santos, no Allianz Parque, os dois trocaram agressões no fim do primei­ro tempo. O árbitro Flávio Rodrigues de Souza não deu cartão amarelo. Apesar disso, a dupla foi denunciada pelo episódio e poderia ter rece­bido de quatro a 12 jogos de suspensão. Porém, no julga­mento os auditores optaram por diminuir a pena e aplicar uma partida de suspensão para os dois.

Comentários