IVAN STORTI

Mesmo sem poder atuar na Vila Belmiro, o Santos tem exi­bido força quando joga como mandante no Campeonato Paulista. Nesta sexta-feira, quando vai enfrentar o Novo­rizontino, no Pacaembu, pela penúltima rodada da primeira fase, a partir das 20h30, colo­cará em jogo a sua até agora perfeita campanha em casa.

O Santos só utilizou a Vila Belmiro na sua estreia no Pau­listão, a vitória por 1 a 0 sobre a Ferroviária, depois fechan­do o estádio para realização de obras. Na sequência, então passou a atuar no Pacaembu. E só deu alegrias ao seu torcedor, passando por São Paulo (2 a 0), Mirassol (1 a 0), Guarani (3 a 0) e Oeste (3 a 2).

O desempenho deixa o Santos com 100% de aprovei­tamento como mandante no Paulistão e 15 pontos somados nessas condições – o time fez outros oito no torneio, como visitante, o que o deixa na lide­rança do Grupo A e também com o melhor desempenho entre os 16 participantes.

Na sexta-feira, portanto, o time tentará ampliar a sua campanha perfeita em casa. De qualquer modo, indepen­dentemente do resultado do confronto com o Novorizon­tino, o Santos já tem o melhor desempenho como mandante da primeira fase do Paulistão.

Além do Santos, apenas outros três clubes estão invic­tos em casa no Estadual. Eles são: Ponte Preta e Red Bull Brasil, ambos com 11 pon­tos somados em cinco jogos como mandantes, e o Mirassol, com nove.

O desempenho santista também é bem superior ao dos seus principais rivais paulis­tas, que já perderam em casa. O Palmeiras fez, até agora, dez pontos, dois a mais do que Co­rinthians e São Paulo quando atuam como mandantes.

Além de manter a campa­nha perfeita em casa, o con­fronto com o Novorizontino é importante para o Santos atingir o objetivo de terminar a primeira fase do Estadual com a melhor campanha da sua chave e do torneio. Nas duas classi­ficações, o time está com dois pontos de vantagem para o Red Bull Brasil, que nesta rodada vai encarar o São Bento, tam­bém na sexta-feira, em casa.

A melhor campanha dará ao Santos a vantagem de dis­putar o segundo duelo das sé­ries do mata-mata do Paulistão como mandante, algo que o desempenho exibido até agora mostra que pode ser um di­ferencial na busca pelo título. “Nosso foco é decidir as quar­tas em casa, então nosso dever é sair com a vitória no Pacaem­bu para chegar na última roda­da com mais tranquilidade”, afirmou Jean Mota.

Comentários