POLÍCIA FEDERAL/DIVULGAÇÃO

Os proprietários de duas lojas de aparelhos celulares de Ribeirão Preto estão sen­do investigados pela Polícia Federal (PF). Nesta quar­ta-feira, 21 de julho, com apoio da Receita Federal, foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos es­tabelecimentos em questão. Durante a operação, foram apreendidos produtos ele­trônicos e equipamentos de informática.

Os suspeitos podem res­ponder pelos crimes de descaminho e importação e exportação de mercado­ria proibida. A investigação teve início após a prisão de um homem, em Presidente Prudente, com cerca de 100 telefones celulares que esta­vam sem a documentação necessária.
Os locais alvos da operação não foram divulga­dos. O caso ainda está sendo investigado e busca verificar o envolvimento de outras pessoas no esquema.