O funkeiro Kevin Nas­cimento Bueno, conhecido como MC Kevin, de 23 anos, morreu na noite de domingo, 16 de maio, após cair do quin­to andar de um hotel na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio de Janeiro. Ele chegou a ser levado em estado muito grave ao Hospital Municipal Miguel Couto, no Leblon (Zona Sul), mas não resistiu. A Polícia Ci­vil já investiga o caso.

A Polícia Civil do Rio in­vestiga se o funkeiro morreu ao tentar pular de uma sacada para outra do hotel. Os quar­tos ficam no quinto andar do edifício. Segundo essa versão, ainda não confirmada, Ke­vin teria ido para o quarto ao lado do que estava hospedado para participar de uma festa com amigos e teria ficado com medo da reação da mulher, Deolane Bezerra.

O relato consta em um vídeo que havia sido publica­do por Anny Alves – passista do Acadêmicos do Tucuruvi, escola de samba paulistana, amiga de Kevin. “Depois do show, os meninos foram fa­zer (inaudível) no quarto, chamaram um monte de mu­lher e tal. O Kevin estava no quarto do lado, os moleques chamaram ele para ir para o quarto, trancaram ele lá, e fizeram uma brincadeira de mau gosto”, contou Anny.

“Depois bateram na porta, o Kevin achou que era a mu­lher dele e se desesperou, foi tentar pular de uma varanda para outra dos quartos, o vi­dro acabou quebrando, não resistiu, despencou os dois para baixo”, complementou a passista. O vídeo já foi apaga­do. Outra versão, que também está sendo investigada, aponta que Kevin teria tentado pular da varanda para a piscina, que fica no pátio.

Deolane Bezerra deixou o hotel por volta das 10h40 da manhã desta segunda-fei­ra (17), ao lado da irmã, Da­niele Bezerra. Nenhuma das duas quis se manifestar sobre a morte di cantor. Familiares e amigos do funkeiro prestaram depoimento na 16ª DP. Grande sucesso no funk de São Paulo, MC Kevin foi inspiração para milhões de fãs que viam em seu repertório a representação da superação.