Foto: Divulgação / Polícia Civil

Uma mulher, que não teve a identidade revelada, foi presa em uma unidade bancária de Cravinhos e confessou que tentaria praticar o crime no local

Uma quadrilha responsável por utilizar pessoas como “laranjas” para abrir contas bancárias está sendo investigada pela Polícia Civil do Estado de São Paulo que, com apoio da Delegacia de Polícia de Cravinhos, prendeu uma mulher, nesta sexta-feira, 8 de outubro, tentando praticar o crime na agência de um banco daquela cidade.

De acordo com informações da Polícia Civil, investigadores elaboraram uma campana na unidade bancária, pois apuraram que havia a possibilidade da prática criminosa no local. Na oportunidade, quando a suspeita entrou na agência com um documento de identidade, o núcleo de investigação foi comunicado pelo representante do banco e a mulher foi abordada.

Durante a vistoria, foram encontrados documentos falsos, assim como porções de cocaína, dinheiro e um telefone celular. Questionada, a suspeita informou que foi até ao banco para abrir uma conta no nome de uma terceira pessoa e confessou que iria praticar o golpe.

Posteriormente, já na delegacia, a mulher ainda disse que, na data anterior, duas pessoas foram até sua casa, localizada em Ribeirão Preto, tiraram sua foto e entregaram a cédula de identidade falsa. Diante da situação, a autora recebeu voz de prisão em flagrante e teve seu telefone celular apreendido. Este será periciado para tentar esclarecer a organização do golpe, assim como uma possível associação criminosa.

Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!