LÚCIO MENDES

A Polícia Militar prendeu na manhã desta segunda-feira, 3 de dezembro, na Zona Norte de Ribeirão Preto, um homem portando revólver e três muni­ções intactas. A numeração da arma estava raspada. Policiais militares foram acionados por denúncia via Centro de Ope­rações da PM (Copom) que um suspeito estaria planejan­do matar um desafeto depois de uma briga.

O motivo seria passional. Segundo informações obtidas pelos policiais, a ex-mulher do indiciado estaria namorando outro homem, o que teria re­voltado o antigo companhei­ro. Inconformado, o indiciado teria abordado o “rival” e, na briga, acabou ferido no braço com uma faca.

Quando foi detido pelos policiais militares na garupa de uma motocicleta pilotada por um primo – na Central de Fla­grantes ele alegou desconhecer as intenções do parente –, o suspeito já estava com a arma. O indiciado negou que usaria o revólver para cometer qualquer tipo de crime.

A ex-mulher compareceu na Central de Flagrantes para pres­tar depoimento. Estava acompa­nhada do novo companheiro e parentes dele. A ocorrência foi registrada na Central de Polícia Judiciária por porte ilegal de arma de fogo.