Polícia suspeita de embriaguez do motorista envolvido em acidente

0
112
rede social

No capotamento do carro que ele dirigia uma menina de 5 anos morreu

 

Leandro Rodrigo dos Santos, 40, que dirigia o carro que capotou na vicinal entre Sertãozinho e o distrito de Cruz das Posses, na tarde deste domingo (18), foi preso por suspeita de embriaguez.

O indiciado foi autuado em flagrante pelos crimes de homicídio culposo e lesão coroporal culposa na direção de veiculo automotor.

A embriaguez na condução do veículo, caso confirmada no exame de sangue, ao qual foi submetido, agrava as acusações.

No registro do Boletim de Ocorrência, consta que o motorista recusou fazer o teste do etilômetro, mas concordou em fornecer amostra de sangue para exame de alcoolemia.

Segundo policiais militares, ele apresentava sinais de embriaguez. Hálito etílico, fala pastosa, olhos avermelhados e andar cambaleante foram observados no primeiro contato com o indivíduo.

Os peritos da Polícia Civil também verificaram outras duas circunstâncias para autuar o condutor, seis pessoas configurando o excesso de pessoas no veículo e crianças sem cadeirinhas/assento de elevação.

O acidente ocorreu na tarde deste domingo (18), quando o Fiat Stilo conduzido por Leandro tragegava no sentido Cruz das Posses a Sertãozinho, eteria sido fechado por um caminhão. Ao tentar desviar, acabou perdendo o controle da direção, saindo da pista e capotando.

O Resgate do Corpo de Bombeiros foi acionado e as vitimas foram socorridas na UPA e Santa de Casa de Sertãozinho. Uma pessoa com ferimentos graves foi trazida para a Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas em Ribeirão Preto. Das seis vítimas, duas eram crianças, um menino de 10 anos e Aysha Vitória Mantovani dos Santos, 5, que acabou falecendo na Santa Casa.

O sepultamento da menina foi na tarde desta segunda-feira (19).

Leandro Rodrigo dos Santos foi levado para a Cadeia Pública de Pradópolis para ser apresentado no Fórum de Ribeirão Preto em audiência de custódia.

Comentários