Jornal Tribuna Ribeirão

Prefeitura adere ao Ribeirão -3ºC

GUILHERME SIRCILI

Neste Dia da Árvore, 21 de setembro, o prefeito Duar­te Nogueira (PSDB) assinou carta de compromisso com o Programa Ribeirão -3ºC para aumentar o plantio de árvo­res em 30%, número que irá contribuir para a queda mé­dia de três graus Celsius na temperatura da cidade. Tam­bém participaram do ato, que foi realizado no Bosque e Zoológico Municipal Dou­tor Fábio de Sá Barreto, os secretários municipais Felipe Elias Miguel, da Educação e Catherine D’Andrea, do Meio Ambiente, além do vereador Marcos Papa (Cidadania).

Papa é o idealizador do Programa Ribeirão -3ºC, lan­çado em junho de 2019 com o objetivo de unir organizações não governamentais (ONGs), empresas, comunidade acadê­mica, poder público e a socie­dade civil para tornar a área urbana da cidade mais verde até 2030. O plano prevê o au­mento do plantio de árvores em 30%, número que poderia contribuir para a queda média de três graus Celsius na tempe­ratura da cidade.

A Secretaria Municipal da Educação firmou o compro­misso de, até 2030, reverdejar todas as escolas municipais. “A Educação já começou a executar o ‘verdejamento’ das escolas. Como piloto do pro­grama temos a Emef Profes­sor Paulo Freire, que passará por uma total revitalização ambiental”, explica o Feli­pe Elias Miguel. “Estamos à disposição e muito felizes em participar deste projeto. Temos a certeza de que as escolas estarão ‘reverdejadas’ antes de 2030”, pontua Cathe­rine D’Andrea.

“Hoje é um dia muito es­pecial. Quando um projeto é colocado em prática para o bem da nossa cidade, temos a certeza de que estamos no caminho certo e a parceria da Secretaria da Educação é muito importante”, diz Marcos Papa, quie também é presiden­te da Comissão Permanente de Meio Ambiente da Câmara de Ribeirão Preto. O Programa Ribeirão -3ºC foi lançado jun­to ao Fórum de Inovações Ur­banas e Sustentabilidade.

“A formalização do com­promisso do poder públi­co com a missão de tornar nossa área urbana 30% mais verde até 2030 é um grande marco “verde” no município, estamos dando início à trans­formação. Acreditamos que juntos podemos criar uma cidade verde e resiliente”, res­salta Carla Roxo, gestora do Programa Ribeirão -3°C.

“É um compromisso da prefeitura aumentar o número da área verde em nossa cidade, e garanto que cumpriremos antes do prazo, até 2024. É ur­gente e necessário que pense­mos em ações para a preserva­ção do meio ambiente a curto, médio e longo prazo”, finaliza o prefeito Duarte Nogueira.

No ano passado, dentre 616 municípios paulistas, Ribeirão Preto ocupava a 12ª posição no Ranking Ambiental do Pro­grama Município Verde Azul (PMVA) da Secretaria de Esta­do da Infraestrutura e do Meio Ambiente (Sima). A cidade conquistou nota 93.10 de 100 possíveis – a maior pontuação desde quando o levantamento foi criado, em 2007 – e galgou dez degraus em relação a 2019, quando ocupava o 22º lugar e acumulava 90.60 pontos.

Em 2020, Ribeirão Preto obteve nota 9.10 em município sustentável, 10 em estrutura e educação ambiental, 10 em conselho ambiental, 8.76 em biodiversidade, 9.13 em gestão das águas, 10 em qualidade do ar, 9.10 em uso do solo, 6.95 em arborização urbana, 9,97 em esgoto tratado e 10 em re­síduos sólidos.

Deixe o seu comentário:

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com