Prefeitura convoca 112 professores temporários

0
60
FL PITON

A prefeitura de Ribeirão Preto diz que tem trabalhado arduamente para oferecer a to­dos os alunos o acesso à educa­ção. Com o início do ano letivo agendado para quarta-feira, 5 de fevereiro, uma edição espe­cial do Diário Oficial do Mu­nicípio será publicada neste sábado (1º) convocando 112 professores temporários e, assim, garantir que todas as 108 escolas municipais ini­ciem as aulas com o quadro docente completo.

Serão contratados os profis­sionais aprovados no processo seletivo realizado pela Secre­taria Municipal da Educação em dezembro do ano passado, cujo resultado foi homologado no Diário Oficial desta sexta­-feira (31). Serão 66 Professo­res de Educação Básica catego­ria II, três PEB III de Ciências Físicas e Biológicas, oito PEB III de Língua Portuguesa, nove PEB II de Matemática e 26 PEB III de Atendimento Edu­cacional Especializado (AEE).

Na próxima segunda-feira (3), as secretarias da Adminis­tração e da Educação recebe­rão os convocados no Centro de Educação Especial e Ensino Fundamental (Ceeef) Egydio Pedreschi para a atribuição de aulas. Aqueles que tiverem títulos declarados deverão es­tar no local às 18 horas para comprovação do documen­to e, os demais, às 20h, para a atribuição. É necessário apre­sentar cópia e versão original do diploma, títulos declarados e documento de identificação pessoal com foto.

“Anunciamos semana pas­sada o chamamento de outros 158 professores temporários para PEB II, Língua Portu­guesa, Matemática, Geogra­fia, Ciências Físicas e Bioló­gicas e AEE. Isso prova nosso compromisso em garantir en­sino de qualidade aos nossos alunos, sem deixar nenhuma criança para trás”, afirma o secretário da Educação, Feli­pe Elias Miguel.

A prefeitura de Ribeirão Preto definiu em dezembro o calendário escolar para 2020. O novo modelo adere às mu­danças realizadas pelo gover­no de São Paulo, que prevê recessos de uma semana no final do primeiro e do ter­ceiro bimestre, nos meses de abril e outubro.

A decisão foi tomada por meio de consulta pública e reuniões entre professores, di­retores, coordenadores e cui­dadores pedagógicos da rede municipal de ensino, além do Conselho Municipal de Edu­cação, Associação dos Profis­sionais da Eduação de Ribeirão Preto (Aproferp) e Secretaria Municipal da Educação.

A partir deste ano, o mu­nicípio passará a ter recessos de uma semana ao final do primeiro bimestre, no mês de abril, e do terceiro bimestre, em outubro. Além disso, o recesso de 15 dias entre o pri­meiro e o segundo semestre, no mês de julho, será mantido.

Em Ribeirão Preto, no iní­cio do ano passado, 46.921 estudantes – 22.696 do ensino infantil e 24.225 do funda­mental – foram matriculados. São estudantes da educação infantil, ensino fundamental, educação especial, educação profissional básica e educação de jovens e adultos. A rede municipal conta com 108 es­colas, das quais 75 unidades de educação infantil e 33 de ensi­no fundamental.

São 34 Centros de Educa­ção Infantil (CEIs), 41 Esco­las Municipais de Educação Infantil (Emeis), 26 Escolas Municipais de Ensino Funda­mental (Emefs), três Centros Educacionais Municipais de Educação Integral (Cemeis), duas Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Ensino Médio (Emefems), um Centro de Educação Especial e Ensino Fundamental (CEEEF), uma Escola Municipal de Ensino Profissional Básico (EMEPB), Educação de Jovens e Adul­tos (EJA, salas espalhadas por várias unidades), além das 20 escolas conveniadas.