22 C
Ribeirão Preto
7 de julho de 2022 | 13:15
Jornal Tribuna Ribeirão
FOTOS: ALFREDO RISK

Prefeitura entrega corredor de ônibus

Nesta quinta-feira, 19 de maio, foi entregue o trecho 1 do corredor de ônibus Norte-Sul, que revitalizou as avenidas Tho­maz Alberto Whately e Recife, totalizando três quilômetros, além da implantação de 1,5 qui­lômetro de ciclovia na avenida Magid Simão Trad, no Adelino Simioni, na Zona Norte de Ri­beirão Preto. O investimento na obra foi de R$ 27.147.269,07. O prefeito Duarte Nogueira (PSDB) participou da liberação do trânsito e destacou as melho­rias realizadas na avenida.

“Realizamos um sonho an­tigo, de entregar uma avenida totalmente revitalizada. Antiga­mente, a avenida [Thomaz Al­berto Whately] alagava, pois não tinha drenagem para o escoa­mento da água da chuva; agora, possui bocas de lobo e galeria de águas pluviais, além de um canteiro central com centenas de mudas de ipês de várias cores que darão mais vida para esta importante avenida”, disse.

Na revitalização, a ilha cen­tral da avenida Thomaz Alber­to Whately foi reduzida para a implantação de galeria de água pluvial e bocas de lobo, que não existiam no local. Iluminação, calçadas com rampas de acesso para cadeirantes e piso tátil di­recional e de alerta, indicando os pontos de espera e de traves­sia, guias e sarjetas, são outras melhorias feitas no local para garantir acessibilidade aos pe­destres, principalmente àqueles com dificuldades de mobilidade.

A obra entregue ontem pos­sui somente faixa preferencial para ônibus em toda a extensão, diferentemente da exclusiva, que permite apenas o tráfego de cole­tivos. Uma ciclovia foi implantada no canteiro central e em outros trechos que estão próximos à cal­çada em toda a extensão das ave­nidas Thomaz Alberto Whately e Recife, com cinco quilômetros de extensão, ligando até a Via Norte. Na avenida Magid Simão Trad, no bairro Adelino Simioni, também foi implantada uma ciclovia, com 1,5 quilômetro de extensão.

“Todas as entradas da cidade estão recebendo tratamento dig­no para que aqueles que nos vi­sitam tenham um acesso melhor e com mais conforto, buscando dar à população maior qualidade de vida”, afirmou o secretário de Obras Públicas, Pedro Luiz Pego­raro. Toda a extensão da avenida ganhou novas paradas de ônibus com piso em concreto e novos abrigos, além do recapeamento reforçado nas faixas preferenciais para garantir maior tempo de uso e menor risco de danos devido ao peso dos veículos.

A obra irá beneficiar cerca de dois mil veículos, por sentido, que transitam por hora na ave­nida Thomaz Alberto Whately, e outros mil, também em cada sentido da avenida, que transitam na Recife nos horários de pico, be­neficiando os moradores dos bair­ros Jardim Jóquei Clube, Jardim Aeroporto, Jardim Porto Seguro, Vila Elisa, Vila Carvalho, Parque Industrial Cel. Quito Junqueira, Vila Mariana e Quintino Facci I.

O superintendente da Em­presa de Trânsito e Transpor­te Urbano de Ribeirão Preto (Transerp), Marcelo Galli, desta­cou as seis linhas do transporte coletivo que passam pela aveni­da Thomaz Alberto Whately. “A novidade será uma linha que vai entrar no aeroporto (Aeroporto Estadual Doutor Leite Lopes), realizando o embarque/desem­barque diretamente no terminal de passageiros”, explicou.

O trecho 1 faz parte do corre­dor de ônibus Norte-Sul, o maior em extensão de Ribeirão Preto, com cerca de 20 quilômetros, pas­sando pelas principais avenidas da cidade, como Independência, Meira Júnior, Cavalheiro Pascho­al Innecchi, Mogiana, Thomaz Alberto Whately, Antônia Mug­natto Marincek, entre outras. O custo total da obra é estimado em R$ 78 milhões.

Licitação do Trecho 4
A prefeitura de Ribeirão Preto abriu licitação no dia 10 de maio para contratação de empresa es­pecializada para implantação do corredor de ônibus Norte-Sul (trecho 4). O investimento inicial previsto é de R$ 20.705.938,78, com prazo de execução de doze meses, contado a partir da emis­são da Ordem de Serviço.

Ribeirão Mobilidade
O prazo limite para entrega dos envelopes com as propostas do Corredor de Ônibus Norte-Sul (trecho 4) é até às 8h45 do dia 15 de junho e a abertura dos envelo­pes acontece no mesmo dia, às nove horas. O investimento total no Ribeirão Mobilidade se apro­xima de R$ 500 milhões.

São R$ 310 milhões prove­nientes de recursos do Progra­ma de Aceleração do Cresci­mento II – PAC da Mobilidade Urbana e do Saneamento, do governo federal e, o restante do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) e ou­tras agências de crédito.

Cerca de 90% das obras do Programa Ribeirão Mobilidade já estão licitadas ou em processo de licitação. São mais de 30 projetos no total. Ao todo, serão implan­tados onze corredores de ônibus em Ribeirão Preto, num total de 56 quilômetros percorrendo as principais avenidas do mu­nicípio, além de pontes, túneis e viadutos que irão proporcionar maior conforto a 4.154.118 usu­ários do transporte público.

Entre as obras já entregues es­tão o corredor de ônibus da aveni­da do Café, duplicação das aveni­das Antônia Mugnatto Marincek e Adelmo Perdizza, adequação viária na rotatória das avenidas Nove de Julho, Portugal e Antônio Diederichsen, ampliação da ave­nida Coronel Fernando Ferreira Leite, Viaduto Profissionais da Saúde, entre outras intervenções.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
AllEscort