DAVID MERCADO/REUTERS

A autoproclamada pre­sidente interina da Bolívia, Jeanine Áñez, afirmou nesta quinta-feira (14) que o ex­-presidente do país Evo Mo­rales não está apto a partici­par das próximas eleições, que ela convocará. Em uma coletiva de imprensa, Áñez disse que “toda convulsão so­cial” que a Bolívia atravessa é consequência da insistên­cia de Morales em concorrer a um quarto mandato e que aconselhou o Movimento ao Socialismo (MAS), partido do ex-mandatário, a buscar outro candidato. “O MAS tem todo o direito de parti­cipar das eleições, mas que busquem candidatos. Evo e (o ex-vice-presidente Álva­ro) García Linera não podem participar, não estão habilita­dos”, declarou Áñez. A sena­dora se declarou presidente interina do país sul-ameri­cano na terça-feira (12), dois dias após a renúncia de Evo Morales, que atualmente está exilado no México, mas tem falado em voltar ao país