O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), desembargador fede­ral Thompson Flores, reuniu-se na manhã desta segunda-feira, 15, por cerca de uma hora com a presidente do Supremo Tribu­nal Federal (STF), Cármen Lú­cia. Ao sair da audiência, Flores somente disse à imprensa que “qualquer declaração sobre a reunião será dada pela ministra”.

A única informação sobre o encontro é de que Cármen e o presidente do TRF-4 conversaram sobre a segurança dos prédios pú­blicos e dos juízes envolvidos no julgamento do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal, marcado para o dia 24 de janeiro.

Na semana passada, o pre­sidente do TRF-4 encaminhou ofício ao STF e à Procuradoria­-Geral da República, relatando que desembargadores da Corte têm recebido ameaças. Ele tam­bém relatou o ocorrido a depu­tados petistas durante reunião na última sexta-feira.

O TRF-4 vai julgar os recur­sos de Lula, condenado pelo juiz Sérgio Moro a uma pena de 9 anos e seis meses de prisão, e de outros seis réus no processo do famoso tríplex do Guarujá.

Comentários