Jornal Tribuna Ribeirão

Primeiro dia do Enem tem abstenção de 26%

© Marcello Casal JrAgência Brasil

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no domingo, 21 de novembro, teve 26% de abstenção. O exame deste ano já havia registrado queda his­tórica no número de inscritos. Em edições anteriores, o Enem recebia o dobro de candidatos.

Do total de 3,1 milhões de candidatos inscritos, cerca de 2,3 milhões compareceram às provas de anteontem, em mais de 1,7 mil municípios. Os nú­meros foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Aní­sio Teixeira (Inep).

Considerando apenas o Enem impresso, que concentra a maior parte das inscrições, 3.040.907, as faltas chega­ram a 25,5%. O estado com a maior porcentagem de faltas foi o Amazonas, com 40,6%. No Enem digital, 46,1% dos 68.893 inscritos não compare­ceram ao exame.

“Mais importante não é o número de inscritos, mas o nú­mero de quem veio realmente fazer a prova”, disse o ministro da Educação, Milton Ribeiro. Ele rebateu as críticas de que as ausências têm relação com fa­lhas do MEC em melhorar o en­sino em meio à pandemia. Entre os jovens que desistiram de fazer a prova estão aqueles que não se sentiam preparados.

“Foi um número significa­tivo porque sem o Enem uma série de outros passos da edu­cação brasileira sofreria atraso que poderia prejudicar mais ainda os jovens que querem acender ao ensino superior”, disse Ribeiro. “São pessoas que resolveram enfrentar to­das as dificuldades.”

Dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educa­cionais Anísio Teixeira apontam que as quatro maiores cidades da região de Ribeirão Preto tive­ram queda de 42,5% no número de inscritos para o Enem 2021. A segunda etapa de provas será no próximo domingo (28).

Em Ribeirão Preto, 16.250 estudantes fizeram as provas em 2020. Agora, 9.884 se inscre­veram, uma queda de 39,42%. Em Franca, a diminuição foi de 49,23% em comparação ao ano passado, de 8.063 para 4.093, a maior redução entre as quatro principais cidades.

Em Sertãozinho, 3.130 pes­soas se inscreveram para a pro­va em 2020 contra 1.734 em 2021, queda de 44,60%. Já em Barretos, a queda foi de 41,6%, de 2.915 para 1.715. Em janeiro deste ano, no segundo dia de aplicação do Enem 2020, o exa­me teve 55,3% de faltas, até en­tão abstenção recorde. Do total de 5.523.029 inscritos no exame, menos da metade, 2.470.396, compareceu aos locais de prova.

O índice foi maior que no primeiro dia, quando 51,5% dos inscritos não comparece­ram às provas. Na macrorre­gião de Ribeirão Preto, havia 48.349 estudantes de 19 cida­des inscritos. No Enem digital, em fevereiro, o segundo e últi­mo dia de provas registrou o índice de 71,3% de abstenção.

Compareceram aos locais de prova 26.709 candidatos. A taxa de ausência deste foi maior que os 68% registrados no primeiro dia, no final de janeiro. Dos 93 mil candida­tos inscritos para a estreia da versão digital do Enem, mais de 53 mil não compareceram para fazer a prova. A abstenção foi de 68,1% em fevereiro.

O ministro Milton Ribei­ro disse ainda que o conteúdo da prova visto neste domingo mostrou que não “tem cabi­mento” denúncias sobre in­terferência no Enem. Caíram no teste questões sobre luta de classes, racismo, desigualdade de gênero e temática indígena.

“Tentaram politizar a pro­va, não houve nenhuma in­terferência. Talvez, se tivesse interferência, poderia ser que algumas perguntas nem esti­vessem ali. Não houve qual­quer interferência e escolha de perguntas”, afirmou o minis­tro. Depois, tentou se explicar.

“Quis salientar que, se de­pendesse de uma visão radical, de que o governo é radical, exis­tem questões que tocam alguns temas que numa visão mais conservadora são mais caros ao nosso governo.” O Enem foi realizado em meio à crise de servidores no Inep, responsá­vel pela prova. Servidores afir­mam que houve pressão para a troca de questões da prova.

O Enem é composto por uma prova de redação e quatro provas com 45 questões objeti­vas cada: linguagens, matemáti­ca, ciências humanas e ciências da natureza. No primeiro dia de prova, os participantes fizeram as provas de linguagens, ciên­cias humanas e redação. No se­gundo, farão a de matemática e ciências da natureza.

Deixe o seu comentário:

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com