Jornal Tribuna Ribeirão

Promotor ajuiza ação de improbidade contra vereador Zerbinato

Zerbinato também enfrenta processo no Conselho de Ética do Legislativo

JF PIMENTA - Cabe direito de defesa ao parlamentar

Adriana Dorazi – especial para o Tribuna

O Dr. Sebastião Sérgio da Silveira, 8º Promotor de Justiça de Ribeirão Preto, divulgou nota nesta terça-feira, dia 11 de janeiro, informando que ontem (10) foi ajuizada ação de improbidade administrativa em face do vereador Sérgio Luiz Zerbinato Rodrigues (PSB) em razão da denúncia de “rachadinha”.

O parlamentar é acusado por uma ex-assessora de se apropriar de parte dos salário dela na Câmara para repassar a irmã. A ação foi distribuída para a 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Ribeirão Preto (Processo nº 1000452- 61.2022.8.26.0506).

“Registre-se que a iniciativa do Ministério Público não induz à presunção de culpa ou de responsabilidade e agora, o réu deverá ser citado, para a instauração do contraditório, sendo que ao final, o Poder Judiciário deverá se pronunciar a ação proposta”, informa o comunicado assinado pelo promotor.

A beneficiária do suposto esquema seria a irmã do parlamentar, Dalila Zerbinato. Ivanilde Ribeiro foi assessora direta de Zerbinato, cargo comissionado, com salário de R$ 7.973,42. Deste total, segundo ela, R$ 2 mil eram “devolvidos”. O acordo teria começado quando a mulher foi nomeada, em 4 de janeiro, e durou até o início de agosto, quando foi exonerada do cargo.

Zerbinato também enfrenta processo no Conselho de Ética do Legislativo. A relatoria das investiga¬ções está a cargo do vereador Brando Veiga (Republicanos) a quem caberá analisar as provas e fazer um parecer sobre o caso. O Conselho é presidido por Maurício Vila Abranches (PSDB). O prazo para uma decisão termina em fevereiro.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
AllEscort