O empresário Rodrigo Jun­queira assumiu na última ter­ça-feira, 16 de abril, a presidên­cia da Comissão Provisória do Partido Social Liberal (PSL) de Ribeirão Preto, o mesmo de Jair Bolsonaro. A escolha dos novos comandantes da legenda ocor­reu depois que todos os mem­bros do Diretório Municipal en­caminharam ofício à Executiva estadual pedindo a desfiliação, em 26 de fevereiro.

Na época, alegaram quebra de confiança entre a diretoria estadual e a municipal por causa da dificuldade de obter respos­tas às demandas da legenda na cidade. Em entrevista ao Tribu­na, Junqueira diz que colocou seu nome à disposição para disputar a prefeitura nas próxi­mas eleições e que seu objetivo é reestruturar o partido e formar uma chapa competitiva para conquistar cadeiras na Câmara de Vereadores.

“Alem de fortalecermos o PSL em Ribeirão Preto, vamos trabalhar para que se consolide como município de primeiro mundo. Nossa cidade precisa de empregos de alto valor agre­gado e vamos incentivar a ins­talação de Indústrias”, afirma. A eleição do novo Diretório Municipal deverá ocorrer em outubro. Candidato a deputado federal nas eleições do ano pas­sado, Rodrigo Junqueira obteve 14 mil votos, mas não se elegeu.

Nascido e criado em Ribei­rão Preto, ele é engenheiro me­cânico de formação, empresário e morou quatro anos na Alema­nha. Levantamento feito no final do ano passado pelo próprio partido revelou que o número de filiados no município é de 700 pessoas. Entretanto, não está entre os cinco preferidos pelos eleitores da cidade.

Pesquisa feita pelo Tribu­na junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) revela que, até o segundo semestre de 2018, a legenda com mais filiados na cidade era o Movimento De­mocrático Brasileiro (MDB), com 7.200 mil, seguido pelo Partido dos Trabalhadores (PT), com 5.300 mil, e o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), com 3.400. O Demo­cratas (DEM) vem logo depois com 3.285 membros e o Partido Social Democrático (PSD) tem 1.760 membros.

Das 338.104 pessoas que foram às mais de 1.300 seções eleitorais de Ribeirão Preto em 28 de outubro do ano passado, segundo turno das eleições, 215.117 escolheram Jair Bol­sonaro (PSL) para presidente do Brasil. Dos 297.645 votos válidos para a Presidência da República, o capitão reforma­do do Exército obteve na cida­de 72,27%. Ele obteve, no total, 55,13% dos votos válidos, con­quistando 57.796.986 votos em todo o Brasil.

Comentários