Ribeirão confirma primeiro óbito por coronavírus

0
2681
O prefeito Nogueira em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira - Foto JF Pimenta

Agora é oficial. Ribeirão Preto entrou no rol da cidades brasileiras que registraram mortes por coronavírus.

Em entrevista coletiva no início da tarde desta quinta-feira (26), o prefeito Antônio Duarte Nogueira anunciou a primeira morte confirmada em razão de contaminação por coronavírus. A morte – ocorrida às 02h33 de hoje – foi de um homem de 36 anos, morador de Ribeirão Preto e foi confirmada pelo Hospital das Clínicas (HC), que, inclusive hoje, deve receber a certificação de Laboratório de Referência, pelo Instituto Adolf Lutz, como”Laboratório de Referência”.

O homem, segundo o secretário da Saúde, Sandro Scarpelini, tinha um quadro de pelo menos três doenças crônicas e acabou contraindo também o vírus. Segundo Scarpelini, o paciente tinha um quadro de mieloma múltiplo (câncer), com insuficiência renal e era tratado no setor de Hematologia do HC.

Ele foi notificado com o coronavírus no último dia 23 (segunda-feira). O médico que teve contato com o paciente que morreu também testou positivo e foi afastado de suas funções.

Uma suspeita de morte por coronavírus que circulou pelas redes sociais no início da noite de ontem foi descartada hoje pelo equipe da Secretaria da Saúde.

Além do prefeito Nogueira e do secretário da Saúde, participaram da coletiva o diretor de Vigilância à Saúde, do HC, Dr. Antônio Pasim Filho e o superintendente do HC, Dr. Benedito Maciel.

Atualmente, em Ribeirão Preto, existem outros três casos confirmados; quatro aguardando contraprova e 161 em investigação.

Em todo o Brasil, os dados de hoje revelam que existem 2.567 casos positivos, com 61 mortes. No mundo esse número chega a cerca de 500 mil casos confirmados e 22.169 mortes.