Ribeirão Preto começa a receber novas placas

0
65

Apresentadas em 12 de dezembro e com quase um mês de atraso, as novas pla­cas toponímicas de Ribeirão Preto, com o nome das ruas, avenidas, alamedas e praças em novo formato visual, co­meçaram a ser instaladas nos bairros da cidade. Na sema­na passada, a instalação teve início pela avenida Portugal e ruas que cruzam com a via, trazendo um contorno diferente à sinalização para pedestres e motoristas que transitam pelo local.

As novas placas têm for­mato trapezoidal, duas cores e texto padrão, conforme mode­lo definido no decreto nº 133, de 28 de maio de 2019. Elas são confeccionadas em chapa de aço galvanizado, com aca­bamento em pintura eletros­tática nas duas faces. Segundo o cronograma da Secretaria Municipal de Planejamento e Gestão Pública, as novas pla­cas serão instaladas no qua­drilátero central e nas zonas Leste, Oeste, Norte e Sul, de modo a contemplar todo o território do município.

Os itens de praças e do quadrilátero central – entre as avenidas Jerônimo Gonçal­ves, Independência, Doutor Francisco Junqueira e Nove de Julho – são na cor preta e, no restante da cidade, na cor azul. Serão instaladas, apro­ximadamente, 43 mil novas placas, subdivididas em 15.950 conjuntos de identificação de logradouros com duas placas cada, totalizando 31.900 unida­des com duas faces, afixadas em um poste especial de suporte, e mais 11.100 individuais, com uma face, afixadas em postes de iluminação pública, muros e edificações já existentes.

A contratação do serviço foi licitada por meio de pregão eletrônico, com uma economia de aproximadamente 40%. Es­timada em R$ 8.009.473,82, a licitação foi vencida por R$ 4.793.000,00, ou seja, R$ 3.216.743,82 a menos do que o previsto. Durante anos, as pes­soas só souberam em que rua ou avenida estavam graças ao trabalho de Nelson Stefanelli, o “Nelson das Placas” (PDT), que instalou milhares na cida­de e acabou se elegendo verea­dor em 2016.

A economia é resultado do nível de concorrência entre os participantes do pregão ele­trônico. Foram 231 lances no total, restando como arrema­tante a empresa CGF da Silva. A apresentação das amostras ocorreu na praça Barão do Rio Branco, em frente à sede da prefeitura de Ribeirão Preto, onde foi instalado um conjun­to toponímico de identificação do logradouro público.

No dia da apresentação do material, “Nelson das Placas” foi homenageado com a entre­ga de uma placa personalizada com seu nome. Durante apro­ximadamente 15 anos, ele pro­duziu e instalou 15 mil placas de PVC para a identificação de ruas e avenidas da cidade.