Rodrigo Simões – Vereador está com sintomas de covid-19

0
130
ALFREDO RISK/ARQUIVO

O vereador Rodrigo Simões (PSDB) está com sintomas da covid-19. Na sexta-feira, 24 de julho, o parlamentar começou sentir febre, gripe, tosse e cala­frio. Já fez exames de raio-X e eletrocardiograma e nesta sex­ta-feira (31) fará o teste para detecção ou não da doença. Atualmente, o tucano está em isolamento em sua residência e, com recomendação médica, tomando a hidroxicloroquina e ivermectina. Ele participou da sessão desta quinta-feira (29) por videoconferência.

Em junho, a Secretaria Municipal da Saúde anunciou que apenas dois funcionários da Câmara Ribeirão Preto testaram positivo para o coro­navírus. Os testes foram feitos em 199 pessoas do Legisla­tivo – incluindo vereadores. As orientações de isolamento foram repassadas pela equipe que esteve no local e o acom­panhamento desses pacientes foi feito pela pasta.

Em 11 de junho, o vereador Fabiano Guimarães (DEM) afirmou ao Tribuna que o re­sultado de seu exame para Sars-CoV-2 deu negativo. Ele foi submetido ao teste no dia 4, depois de procurar o Polo Novo Coronavírus (Covid-19), na Unidade de Pronto Aten­dimento Doutor Luis Atílio Losi Viana, a UPA da Treze de Maio, no Jardim Paulista, Zona Leste, após sentir febre, dor de cabeça, tosse e resfriado.

Na Câmara, foram subme­tidos aos exames foram apenas os parlamentares e funcioná­rios públicos que desempe­nham suas funções de forma presencial no Legislativo. O teste consiste em analisar o sangue retirado por meio de picada no dedo e ocorreu a pe­dido da Comissão Permanente de Seguridade Social, Saúde, Previdência e Assistência So­cial da Câmara, presidida por Jorge Parada (PT).

Foram submetidos ao exa­me quem não está trabalhando no sistema home office duran­te a pandemia do coronavírus. Na semana passada, maioria dos servidores que não fazem parte dos grupos de risco – idosos com mais de 60 anos e portadores de doenças crôni­cas – retornou às atividades, mantendo o protocolo esta­belecido pelas autoridades de saúde, mas agora eles voltarão a desempenhar suas funções de casa. O Legislativo de Ri­beirão Preto tem 96 servidores concursados e 135 comissio­nados que atuam nos gabinetes dos 27 vereadores.

Atualmente, a sessões da Câmara são online por causa da pandemia do novo coro­navírus. As reuniões foram adiantadas para as 16 horas. Também foi proibida a pre­sença de público no plenário, denominado Orlando Vita­liano. Também estão suspen­sas as sessões solenes. A mu­dança foi decidida pela Mesa Diretora em conjunto com os demais vereadores. O Legis­lativo tem 27 parlamentares, e quase 30% têm mais de 60 anos de idade – oito são sexa­genários ou septuagenários.

Quatro são sexagenários: Elizeu Rocha (Progressistas), com 60 anos; Luis Antônio França (PDT), também com 60: Maurício Vila Abranches (PSDB), com 61: e Marinho Sampaio (MDB), também com 61 anos. Outros quatro são septuagenários: Bertinho Scandiuzzi (PSDB), com 77 anos; Jorge Parada (PT), com 70; Nelson Stefanelli, o “Nel­son das Placas” (PDT), com 79; e Waldyr Villela (MDB), com 83 anos.