30.6 C
Ribeirão Preto
13 de agosto de 2022 | 14:52
Jornal Tribuna Ribeirão
Foto: Guilherme Sircili
Saúde

Saúde abre 15 mil vagas da 4ª dose

A Secretaria Municipal da Saúde vai disponibilizar, a partir das nove horas desta sexta-feira, 24 de junho, no site da prefeitura de Ribeirão Preto, o agendamento para a aplicação da quarta dose da vacina contra o coronavírus em mais 15 mil pessoas com idade acima de 40 anos.

Nesta semana, a pasta já havia liberado dez mil vagas para este público. Neste mês, também disponibilizou 25 mil doses para profissionais de saúde de 18 a 49 anos e para a população acima de 50 anos. A vacinação desta nova etapa será realizada entre se­gunda (27) e quarta-feira, 29 de junho, a partir das 8h30, em 37 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade.

As pessoas acamadas po­dem receber a vacina em sua própria casa, por meio do Serviço de Atenção Domici­liar (SAD). Basta entrar em contato com a unidade de saúde mais próxima ou no próprio SAD, pelo telefone 3977-7111. No posto de saú­de, o cidadão deve apresentar documento oficial com foto, Cadastro de Pessoa Física (CPF), comprovante de resi­dência recente e o número do protocolo de agendamento.

No portal da prefeitura (www.ribeiraopreto.sp.gov.br), o cidadão pode escolher o posto de saúde mais próximo de sua casa e também qual o horário de sua preferência, se houver vaga disponível. A re­comendação vale para quem tomou a primeira dose de re­forço há pelo menos quatro meses.

Desde o dia 11 de abril não há mais necessidade de agen­damento para vacinação con­tra a gripe (vírus influenza) e para a aplicação da segunda e da terceira doses contra a co­vid-19 (coronavírus) nas Uni­dades Básicas de Saúde (UBS) de Ribeirão Preto por causa da baixa demanda.

As vacinas da Pfizer/BioN­Tech, Janssen/Johnson&John­son e AstraZeneca/Oxford/ Fiocruz podem ser usadas, independentemente da dose aplicada anteriormente. O Mi­nistério da Saúde destaca que a combinação de vacinas dife­rentes para a dose de reforço tem se revelado eficiente em aumentar a imunização.

O Estado de São Paulo recomendou para as cida­des paulistas a aplicação da quinta dose, ou terceira dose adicional, da vacina contra a covid-19 em pessoas acima dos 60 anos e com alto grau de imunossupressão. Além da documentação necessária, existe a exigência de um in­tervalo de 122 dias da última dose recebida.

Adolescentes
Em 30 de maio, seguindo a recomendação do Ministério da Saúde, a Secretaria Muni­cipal da Saúde abriu uma nova etapa de vacinação contra o coronavírus em Ribeirão Pre­to. A pasta começou a aplicar a terceira dose da vacina con­tra a covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos. A campanha acontece em 37 Unidades Bá­sicas de Saúde da cidade.

Não há necessidade de agendamento. Segundo nota técnica do Ministério da Saú­de, a dose adicional para esta faixa etária deve ser aplicada quatro meses após a segun­da. A pasta recomenda que as secretarias municipais e esta­duais deem preferência para a vacina da Pfizer/BioNTech, independentemente da carga aplicada anteriormente.

A Coronavac/Sinovac/Bu­tantan também poderá ser usada caso haja indisponibi­lidade da vacina da Pfizer. A recomendação também vale para adolescentes gestantes e puérperas – período que dura de 40 a 45 dias após o parto. No caso dos adolescentes imunocomprometidos, ape­nas a vacina da Pfizer/BioN­Tech deve ser utilizada.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com