Jornal Tribuna Ribeirão
Entretenimento

Segunda temporada de série The Morning Show tem caras novas

Mesmo tendo mais de 25 anos de carreira, Julianna Margulies sentiu um frio na barriga ao entrar na segunda temporada de The Morning Show. “Mas logo percebi que os roteiristas criaram uma série em que cada um dos pontos de vista é importante, mesmo havendo duas protagonistas”, disse a atriz, vencedora de três Emmy (por ER e The Good Wife), em entrevista com participação do jornal O Estado de S. Paulo, por videoconferência.

Margulies interpreta Laura Peterson, a estrela do jornalismo do canal UBA, dona de seu próprio programa noturno, encarregada de entrevistar tanto Alex Levy, com quem tem uma rusga do passado, quanto Bradley Jackson, que se encanta por ela, para alavancar o combalido The Morning Show.

“Kerry (Ehrin, a showrunner) tinha uma linha narrativa muito específica para Laura, uma história de 20 anos atrás, quando ela era âncora do programa matutino e foi tirada do armário publicamente, sendo demitida por causa disso, numa época pré-Ellen DeGeneres”, contou Margulies.

Laura fez terapia, viu que não tinha nada a esconder e tornou-se uma das maiores estrelas do jornalismo americano. “Mas ela ainda sente o estresse pós-traumático daquele evento. E aí acontece novamente, só que com outra pessoa, mas ela sente a dor”, disse a atriz. “Foi muito difícil para mim ficar forte, porque a ideia de uma pessoa ser condenada por causa de sua sexualidade em vez de sua qualidade profissional é antiquada e ridícula, mas ainda temos de falar disso hoje em dia.”

Se o ponto de vista de Laura Peterson traz à série o debate sobre a homofobia, além de mais complexidade na relação entre mulheres em posições de poder, outro novato do elenco, Hasan Minhaj, vem para oferecer outra perspectiva sobre diversidade étnica com o papel de Eric Normani, contratado para ser companheiro de Bradley Jackson no programa The Morning Show e logo transferido para o noticiário noturno.

Minhaj identificou-se com Normani. “Eu sou um comediante ocupando todos esses espaços em que pessoas como eu não costumavam estar”, disse ele em entrevista com a participação do jornal O Estado de S. Paulo. “Para mim, a série e o arco do meu personagem são uma exploração de quem consegue sentar-se à mesa e por quê.”

Comediante, Minhaj tem certa experiência na área: foi correspondente do programa The Daily Show com Jon Stewart, que fala das notícias com humor, e Hasan Minhaj: Agir como um Patriota, série cômica sobre o noticiário.

“Passei os últimos sete anos interpretando jornalistas falsos na televisão, então fazer The Morning Show foi uma progressão natural”, disse o ator. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Mais notícias

Diretora morre após Alec Baldwin disparar arma de fogo em set de filmagem

Redação 1

Xuxa vai apresentar reality show de drag queens na Amazon Prime

Redação 1

Rionegro e Solimões preparam DVD com músicas inéditas

Redação 1

Arte para pensar a sociedade e suas figuras

Redação 1

As várias fases e faces de Rita Lee, a roqueira bem-humorada

Redação 1

‘Verdades Secretas II’ volta como a primeira novela original do Globoplay

Redação 1
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com