Sem poder contar com Luciano, Diniz deve escalar Tchê Tchê contra o Athletico-PR

0
18
RUBENS CHIRI/SPFC

O técnico Fernando Diniz não deverá contar com Lucia­no no ataque do São Paulo, domingo, às 16h, em Curitiba, contra o Athletico-PR, pela 30ª rodada do Campeonato Bra­sileiro. Nesta sexta-feira, mais uma vez, o atacante ficou de fora dos treinamentos por cau­sa de uma inflamação na per­na. Correu apenas em volta do gramado do CT.

Luciano jogou pela última vez em 26 de dezembro na vi­tória são-paulina sobre o Flumi­nense, por 2 a 1, no Maracanã. Desfalcou o time contra Grêmio (Copa do Brasil), Bragantino e Santos (Brasileiro). Coinciden­temente, a equipe não venceu, ao somar um empate e duas derrotas. Tchê Tchê treinou, nesta sexta-feira, e deve ficar com a vaga no setor ofensivo.

Diniz tem outras opções para escalar no ataque. Pablo, que não foi bem contra o Santos, é uma delas. Vitor Bueno também tem chan­ces, enquanto Paulinho Boia, Tréllez, Gonzalo Carneiro, Rojas e Galeano deverão ficar no banco de reservas.

Uma certeza para o jogo em Curitiba é o retorno do zagueiro Bruno Alves, que, suspenso, não enfrentou o Santos no clássico de domin­go passado. Ele vai formar dupla com Arboleda.

Após as derrotas para Bra­gantino (2 a 4) e Santos (0 a 1), o São Paulo teve diminuída sua vantagem na classificação geral do Campeonato Brasi­leiro para apenas três pontos. O time soma 56, contra 53 do Internacional.

Na última rodada, contra o Santos, o técnico Fernando Diniz escolheu Pablo como substituto, mas ele teve atu­ação apagada. Antes, Vitor Bueno e Tchê Tchê já ocupa­ram o lugar de Luciano – o volante é o favorito para atuar no Paraná. Além deles, Diniz tem Paulinho Boia, Tréllez, Gonzalo Carneiro, Rojas e Galeano no elenco.

O São Paulo não con­seguiu vencer os jogos em que não teve Luciano recen­temente. Empatou em casa com o Grêmio, quando foi eliminado da Copa do Brasil, e perdeu para o Bragantino (4 a 2) e o Santos (1 a 0).

Assim, o time provável para o jogo contra o Athleti­co tem Tiago Volpi, Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Rei­naldo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Tchê Tchê e Brenner.